Opinião

PUB.
18/02/2020

Fevereiro quente… – em tempos não muito longínquos bastava que alguém pronunciasse estas duas palavras para, de entre o meu povo, alguém responder: — Traz o diabo no ventre!

18/02/2020

Boas tardes, boa gente. Cá estamos, continua a clausura. A China está toda de quarentena e as pessoas saem o mínimo possível. O povo tem sido inexcedível, desde os funcionáros dos condomínios, polícias, pessoal médico, até aos professores que estão a dar aulas online.

18/02/2020

As potências mundiais possuem hoje uma capacidade de intervenção, nos mais diversos domínios, espantosa e de uma eficácia inimaginável há algumas décadas atrás.

18/02/2020

Colonização e colonialismo não são bem a mesma coisa.

A colonização portuguesa primou pelo humanismo, miscigenação e concórdia, deixando indeléveis marcas monumentais, linguísticas e civilizacionais por esse mundo fora, que muito sobrelevam os malefícios do colonialismo da mesma lavra.

11/02/2020

A economia portuguesa está firmemente apoiada no setor terciário ou, como é conhecido, o setor dos serviços.

11/02/2020

Uma das coisas mais caricatas que

já me aconteceu

11/02/2020

Na política como em outras coisas, é habitual prometer seja o que for, ou por bom senso ou por simpatia ou mesmo por interesse. Estamos todos acostumados a que nos prometam muita coisa para posteriormente recebermos coisa nenhuma.

11/02/2020

O cançonetista Rui Mascarenhas cantarolava «fui a Miranda ver os pauliteiros», eu fui a Lagarelhos ver aquilo que já posso ver desde as moças seios empinados e pernas torneadas debaixo de meias de lã grossa fiada nas longas noites semeadas de virulentas geadas, nevadas espessas onde saltitavam co

04/02/2020

O acontecimento político mais relevante do ano transacto, para

04/02/2020

Boas tardes, minha gente. Não poderia deixar de escrever sobre o tema do momento estando eu a vivê-lo ao vivo.