Opinião

03/04/2018

Recentemente estive na Polónia onde participei como orador num seminário sobre a gestão de instalações desportivas.

27/03/2018

Na borda da estrada vi pascoelas a tiritarem de frio, a balouçarem sem quebrar, vi violetas minúsculas a concederem cor ao terreno a enxugar a água resultante das copiosas chuvadas caídas nas margens do rio Tejo.

27/03/2018

Faz por agora dez anos o primeiro-ministro de então dava uma entrevista televisiva a propósito da manifestação de professores ocorrida dias antes, considerada a maior de sempre.

27/03/2018

A escola começou por ser um espaço onde alguém ensinava os que queriam aprender e não eram muitos nesse tempo.

27/03/2018

A história de Jorge Lopes Henriques e seus ascendentes desenrola-se por todo o planalto Mirandês e raia de Espanha e prolonga-se pela diáspora de Livorno, em Itália.

20/03/2018

Voltar atrás faz parte do nosso existir, tentando, ao mesmo tempo, resistir à força destruidora que todos os dias nos avassala. Vamos preenchendo a existência, tentando concretizar objectivos que outros já ambicionaram.

20/03/2018

Bartolomeu Garcia nasceu em Lamego por 1608, filho de Diogo Garcia e Maria Gomes, que se dedicavam à criação de sirgo. Trata-se de uma família profundamente marcada pela perseguição inquisitorial: irmãos, pais, tios e primos, quantidade deles, foram ocupando celas da inquisição.

20/03/2018

A que ficou conhecida como Torre de Tatlin não passou de um projeto do arquiteto e pintor russo Vladimir Tatlin. Nunca foi construída.  Era um monumento revolucionário em ambos os significados do termo, seja o real, seja o figurado.

20/03/2018

Mal comparadas Lisboa é Roma, não a Roma do império mas a Roma de Berlusconi, e São Bento o Vaticano.

20/03/2018

Quem entende não lê, quem lê não entenderá, ainda mais que o título da crónica não faz parte de qualquer idioma fixado ou organizado em termos gramaticais. Construída no transcorrer dos séculos, é de todo conveniente que continue secretamente guardada por aqueles que a criaram, quais guardiães de um tesouro a conferir-lhe identidade e, tantas vezes, a livrá-los de perigos maiores. Tranquilize-se a comunidade que eu também não sei falar tal língua nem ninguém me irá ensinar… ouvi, simplesmente.