Tio João

PUB.

O monumental Charolo de Outeiro

Como estão os leitores da Página do Tio João?

Estamos a terminar a primeira quinzena do ano 2020.

Fico triste porque se perdeu a tradição de cantar os Reis porta-a-porta e, há mais de 10 anos, que ninguém vai cantá-los a minha casa. Mesmo assim, algumas autarquias continuam a acarinhar a tradição, organizando encontros de cantadores de Reis, como é o caso de Mirandela que, no passado dia 5, promoveu o Encontro de Cantadores de Reis, em Torre de Dona Chama, com a participação de todas as freguesias do concelho. Também a autarquia de Vinhais tem organizado todos os anos o evento, que teve lugar, no passado dia 12, na sede de concelho. Também noto que há menos participações do que era habitual antigamente para cantar os Reis em directo no nosso programa.

Tempo frio é bom para as matanças

Olá familiazinha! Como estão desde o ano passado?

Já decorreu uma semana depois da entrada de 2020. Muita gente assinala a entrada do novo ano com um grande jantar, seguido de baile e cada vez são mais as aldeias que organizam festas para entrar no novo ano, mas também há quem se deite no ano velho e só acorde no ano novo.

É assim o nosso Natal em família

Olá, como estão os leitores da página do Tio João.

Natal é a palavra mais ouvida nesta época, não só nas mensagens mas também no encontro das pessoas amigas “se não nos virmos antes, bom Natal!”.

Sta. Bárbara, protectora dos mineiros

Olá gente boa e amiga.

Estamos no Advento, a 15 dias da Consoada. Já se nota em todas as localidades que o Natal está à porta, não só nos estabelecimentos comerciais, mas também nas ruas da cidade e nas aldeias que já têm o seu presépio feito. O espírito natalício anda no ar, embora a nossa família tente que seja Natal todos os dias do ano.

Calcorrear caminhos para fazer amigos

Olá, como estão os leitores da página do Tio João?

Já estamos no mês do Natal. Este ano o ditado do povo bateu certo: “Chuva em Novembro, Natal em Dezembro”, pois, no mês passado, a chuva deu-lhe bem mas “se o Dezembro for molhado, o Janeiro é geado”. Segundo as previsões este mês vai fazer muito frio, com muitas geadas à mistura, a confirmar outros ditos populares: “quando Dezembro é frio, calor no Estio” ou “em Dezembro não há valente que não bata o dente”.

Tio Filinto, o homem que faz caretas

Olá gente boa e amiga!

O calendário não pára e já estamos a cerca de um mês do Natal e a 31 dias do ano vinte vinte.

O céu continua roto e, por vezes, com remendos mal feitos. Durante os próximos dias a chuva continua a prometer cair, mas temos de fazer como os de Caravela, como o tio Lita, que diz que quando chove “deixa chover”. O primo Marcelo, de Ousilhão (Vinhais), disse-nos “deixe chover, tio João! Tem mais ela onde cair do que eu onde semear pão”. Esta chuva e o sol que por vezes vai aparecendo, têm feito com que seja um bom ano de cogumelos por toda a região, como nos disse a tia Virgínia Neves, de Bragança, com 82 anos de idade, “olhe agora com esta idade para o que me deu: ando aos rapazinhos!”.

Ciática: a cura é detrás da orelha

Como estão os leitores da Página do Tio João?

Começo por dizer que no dia da edição deste jornal se comemora o Dia Internacional do Homem, 19 de Novembro. Há muitos anos que temos conhecimento do Dia Internacional da Mulher (8 de Março), mas desconhecíamos que os homens também tivessem o seu dia internacional.

A Feira das Colheitas de Vilar Seco

No Domingo passado, pela primeira vez, estivemos com o Especial Domingão do Bom Dia Tio João, em directo de Vilar Seco (Vimioso), na Feira das Colheitas. Foi um programa muito participado, com a presença da tia Maria da Glória, a nossa pastora poeta e do tio Ismael, com o seu acordeão e cordas vocais, que animaram a manhã.

Há 69 anos a tocar na gaita

Como estão os leitores da página do Tio João? Nós cá vamos em maré de aniversário dos 30 anos.

São cada vez mais aqueles que, participando nas emissões, querem mostrar o seu contentamento pela longevidade do nosso programa. Também são muitos os ouvintes antigos, do início do programa, que tinham estado calados mas, como o bom filho a casa torna, têm aproveitado a data para recordar como era a sua vida há 30 anos.

Três décadas em família todos os dias

Bom dia familiazinha!

Salve o dia 29 de Outubro de 1989, às 6:00 horas da manhã! Faz hoje precisamente 30 anos que, sem querer, me transformei de Nicolau Sernadela em Tio João. Ninguém dava duas coroas por mim, mas revolucionei a maneira de fazer rádio. Abri o microfone e dei um bom dia tão grande que fiz tremer os receptores. Como sou gago, cantarolava para iludir a gaguez e comecei a baptizar todos os participantes como tios e tias, primos e primas. Instituí a rádio família.