Tio João

Magustão em dia de S. Martinho

Olá familiazinha!
Nas madrugadas de agora já tenho “apalpado” a geada bem apalpadinha.
Esta geada vem ajudar a curar o vinho e as pessoas também
já começam a pensar na data para matar o seu porquinho.
Esta última semana foi muito produtiva para o desenvolvimento do amor e da amizade da família do Tio João, pois tivemos vinte novas apresentações, das quais destacamos a equipa feminina de futebol da Associação Desportiva de Paredes (Bragança), que milita no campeonato distrital de Infantis, sendo a única equipa totalmente feminina que joga com equipas mistas e masculinas. Ficamos contentes por constatar que a maior parte das apresentações foram de pessoas jovens, o que significa sangue novo para a família, entre eles alguns estudantes da ESTiG (Escola Superior de Tecnologia e Gestão) que, desta forma, dão miminhos aos seus avós que nos ouvem nas suas terras.
Como a vida não são só alegrias, ficámos tristes com o falecimento de Maria do Carmo Lousinha, de Vila Nova (Bragança), filha do tio Lousinha e da tia Bernardete, que Deus chamou aos 53 anos, deixando três filhos ainda jovens, depois de uma leucemia prolongada. Chegou ao fim o seu sofrimento com o descanso eterno.
Deus também chamou a Si o tio Jacinto, de Genísio (Miranda do Douro). As nossas condolências às famílias enlutadas.
Quem esteve de parabéns foram a tia Isabel Freitas, de Santiago (Armamar), que chegou aos 87 e é uma grande ministra da oração para a nossa família e o tio António Frazão, da Bouça (Mirandela), que completou 83 anos. Que para o ano os festejem novamente connosco.
E agora vamos ao magustão!

A lenha das almas - Tradição ainda viva nas aldeias da Lombada

Olá familiazinha!
Já estamos no mês das almas, das castanhas e dos magustos. Novembro começa sempre com o Dia de Todos os Santos e há tradições que se mantêm, como é o caso da “lenha das almas”, ritual que se continua a realizar nas aldeias da Lombada, embora este ano, devido à proibição de fazer fogueiras, o lume se tenha feito dentro dos pavilhões, nas lareiras das casas do povo das aldeias. Também na localidade de Nuzedo de Baixo (Vinhais) se manteve a tradição de “entravar” as ruas da aldeia, embora com o devido cuidado para manter a segurança e a circulação rodoviária. Nesta localidade também é costume os rapazes “roubarem” os vasos pelas varandas e enfeitarem com eles o adro da igreja.
No dia de Fiéis Defuntos tivemos um programa especial porque, com a ajuda de vários participantes, falámos à alma de centenas de tios e tias que Deus já chamou.
Na semana passada quem se encheu de trabalhar foi o nosso ministro dos parabéns, o meu João André, pois foi no dia 1 de Novembro que houve mais aniversariantes, incluindo familiares dos nossos participantes. Durante toda a semana estiveram de aniversário o tio Zé Manuel da Concertina, de Canavezes (Valpaços), que chegou aos 63; a prima Jéssica, que nos liga de Londres, festejou 9 anos; o tio Orlando Benfiquista, de Macedo de Cavaleiros, fez 67; o primo Bruno Silva, de Samil (Bragança), chegou à maior idade; a tia Mercília, da Samardã (Vila Real), completou 60; a tia Paula Farruquinha, de Coelhoso (Bragança), apagou 47 velas e o tio Narciso Augusto, dos Alvaredos (Vinhais), perfez 74. Parabéns e muita saúde a todos.

“Bom Dia Tio João”, há 28 anos no seu coração

Olá familiazinha!
Quando comecei a dizer “bom dia, familiazinha”, ninguém dava duas c’roas por nós. Passados que são 28 anos, continuamos no coração do nosso povo, que nos ouve diariamente.
No dia do aniversário da nossa família, dia 29 de Outubro, estivemos em directo na 3.ª Feira da Castanha e dos Produtos da Terra de Avelanoso, Vimioso, com um “Domingão” especial das 6 às 10 horas da manhã, e a participação e as “prendas” radiofónicas da nossa família, que incluem cantigas, versos, música e muito miminho da manhã dos nossos mais-que-tudo, os melhores ouvintes do mundo.
Gostei muito de voltar a Avelanoso, aldeia que já conheço há mais de 25 anos, porque um grande elemento da família, natural desta localidade, é a tia professora Isabel Campos.
Já falámos das alegrias, vamos agora falar das tristezas. No dia 25 faleceu o tio Manuel Maria Lopes, de Salsas (Bragança), aos 92 anos de idade. Há muitos anos que já não participava em directo no programa, mas ficou conhecido mundialmente na família porque acertou na data do fim da guerra do Golfo, num concurso que fiz na altura para ver quem adivinhava o dia do fim do conflito. O tio Manuel, no início de 1991 disse que sonhou que a guerra acabaria no dia 28 de Fevereiro de 1991, o que viria a ser verdade, pois neste dia, às 6 horas da manhã, quando iniciava o programa, foi decretado o fim da guerra. Por este motivo, o tio Manuel sugeriu que se fizesse uma grande peregrinação à N.ª Sr.ª do Aviso, em Serapicos (Bragança), pois foi ela que o avisou. Agora que tantos anjos o acompanhem como milhares de pessoas participaram nessa peregrinação. Os sentimentos à família enlutada.
Hoje vai ter uma operação delicada ao seu grande coração o intitulado na família “presidente do amor e da amizade”, o nosso Fernandinho Moita, o da expressão “és tão linda ó minha aldeia” (Felgar – Torre de Moncorvo). A família está a rezar a todos os santinhos para que iluminem as mãos dos médicos.

Quem pensa que a distância faz esquecer, esquece-se que a saudade faz lembrar

Olá familiazinha!
“Que saudades eu já tinha da tão preciosa chuvinha!” Embora tardio, já chegou o sangue da terra. Veio a ajudar a terminar com o flagelo dos incêndios e na agricultura ainda lhe pode valer à castanha mais tardega e à azeitona.
Afinal, o nosso magustão da família do tio João é sábado, dia de S. Martinho, 11 de Novembro, na Rural Castanea, em Vinhais, no maior assador de castanhas do mundo. Já sabe que contamos com a sua presença.
Na última semana estiveram de parabéns a tia Ana Abuim, de Tuizelo (Vinhais) fez 84 anos; a tio Glória, de Alimonde (Bragança) e a tia Deolinda, de Sendas (Bragança) completaram 81 anos; a tia Ludovina, de Outeiro (Bragança) festejou 62; o tio Delmino Ferreira, de Freixedelo (Bragança) comemorou os seus 54 anos.
E sabem quem já entrou nos “entas”? Foi o tio Rui Mouta
que chegou aos 40. Parabéns a todos e muita saúde.
Neste número vamos abordar o tema da saudade, “doce poema que ninguém entendeu, vontade de ter de novo aquilo que se perdeu”.

Aldeias históricas de Portugal Viagem surpresa, viagem maravilhosa!

Olá familiazinha!
O povo, desesperado com a falta de água, recorre à sua fé religiosa, com novenas e procissões aos santos e san­tas para que S. Pedro resolva abrir as torneiras do céu.
Foi assim que no passado sábado, as gentes de Rebordãos, movidas pela sua fé, transportaram a Sr.ª da Serra, lá do seu altar para a aldeia, onde se está a realizar uma novena, desde o dia 14 até ao dia 22, na igreja matriz. Que a chuva seja mesmo o milagre tão desejado.
Também no sábado estivemos em directo, ao vivo e a cores, desde Mogadouro, na Feira dos Gorazes, onde, mais uma vez, promovemos os grandes eventos da nossa região, aproveitando sempre para ver e rever alguns amigos da família e fazer novas amizades.
Estiveram de parabéns o tio Moisés, de Uva (Vimioso) que completou 3 vezes 23 anos, o tio Jacinto, de Genísio (Miranda do Douro), que fez 76 anos e o tio Casimiro, de Parada (Bragança), que festejou 88 anos.
Neste número vou-vos deixar água na boca, pois vou falar da viagem surpresa 2017.

Festejamos a vida e choramos a morte

Olá familiazinha!
Na semana passada tivemos dois acontecimentos marcantes na nossa família: o falecimento do nosso monumento da família, poeta e fadista, Daniel Pereira, de Remondes (Mogadouro) e as bodas de ferro do casal Maria e Gualter, de Agrochão (Vinhais).
A do tio Daniel Pereira foi das mortes mais choradas pela nossa família, porque tinha uma agenda cheia de números de telefone de muitos tios e tias a quem ligava frequentemente, aproveitando o tarifário pré-pago que tinha, e assim vivia as alegrias e as tristezas com quem falava. Nos convívios da nossa família, aproveitava para conhecer pessoalmente aqueles com quem só falava pelo telefone e ainda não conhecia.

 

Formado na universidade do pastoreio

Olá familiazinha! Estamos no mês de Outubro e todas as manhãs muitos dos que nos ouvem estão à espera que o Tio João anuncie chuva.
O Magustão da Família do Tio João vai ser no domingo, dia 22 de Outubro, em Vinhais, que tem sido, por excelência, o melhor local para saborear as castanhas no maior assador do mundo.
Vamos dedicar este número a uma entrevista com o tio Delmino Ferreira, de 53 anos, que pertence à classe dos pastores da nossa família e que vive em Grijó mas é natural de Freixedelo, ambas do concelho de Bragança.

Tudo com 3 semanas de adianto! Só a chuva está muito atrasada...

Olá familiazinha!
Quando comecei o programa, há quase 28 anos, intitulei de tios e tias todos aqueles que falavam comigo que já tivessem constituído família. Os participantes mais novos e que ainda fossem solteiros(as), apelidei-os de primos e primas.
Assim sendo, temos mais um tio na família. O nosso primo Rui que, no sábado passado, celebrou o enlace matrimonial na igreja matriz de Samil (Bragança) com a Vera Malhão. A festa tornou-se ainda maior com o baptizado do rebento, Eduardo Mouta. Eu e a minha família estivemos presentes na festa, pois já há 20 anos que somos colegas e amigos. Que esta nova etapa de vida, seja repleta das maiores felicidades. Que seja o começo de um percurso muito bonito. Que a vossa união seja muito feliz e forte o suficiente para poder enfrentar as dificuldades que a vida vos coloque no caminho. Que haja muita paz, tolerância e companheirismo. Que este dia feliz, único e especial seja sempre recordado e que o vosso rebento seja sempre fonte de grandes alegrias e orgulho. Muitas felicidades para os três e que este dia fique marcado na memória de todos pelos melhores motivos. E já agora, façam o favor de serem felizes!

Os meninos da APADI, os nossos ouvintes especiais

Olá familiazinha!
Estive de férias na região do Minho, em Vila Praia de Âncora, onde fui pai e marido a tempo inteiro, ganhando energias para o novo ano lectivo da universidade da vida.
Quem não deu férias à familia foi o nosso primo Rui,que mais uma vez esteve no comando do amor e da amizade da familia do tio João, brindando também os leitores deste jornal com a sua página. Já desde sábado passado que estou no activo. Os últimos aniversariantes foram o tio Duarte, pastor de Prado Gatão,Miranda que fez 3 dúzias(36 anos) e o Leonel Farruquinho de Coelhoso, que nos liga de Orly França, fez 41anos.Parabéns para ambos que são dois grandes ouvintes e participantes do progama.
Quem nos ouve diariamente também são os nossos meninos da Apadi que vai realizar mais um ano o almoço convívio no complexo do Geadas,na estrada do aeródromo. Todos os anos a familia está presente, contamos consigo! São ouvintes muito especiais e agora com ajuda da equipa técnica da Apadi vamos conhecê-los:

O primo Rui também foi a pé à Serra

O “primo Rui” foi à Nossa Senhora da Serra, mas não foi sozinho. Na boleia levou a colega Susana Madureira. Não saímos muito cedo, para o que é normal num romeiro.