PUB.

Tio João

PUB.

Tio Alexandre Gouvinhas - O último carpinteiro de carros de bois

Agora sim, estamos no tempo certo, pois “Janeiro quer-se geadeiro”. Já estamos na primeira lua cheia do ano. Temos reparado que os dias vão crescendo, pois, o povo diz “Janeiro fora cresce uma hora” ou” Janeiro tem uma hora por inteiro”.

António Pires - Há 56 anos na arte de dar ao dedo

Os últimos dias do ano velho foram atípicos para a época, com as temperaturas mínimas muito altas para a nossa região. Diz avó Laurinda que este tempo não é  bom para as matanças, porque o fumeiro precisa de geada e tempo sem humidade.

Associação Reaprender a Viver

Na quarta feira passada, dia 8 de dezembro, dia da Imaculada Conceição, algumas localidades tiveram direito a manto branco, pois a neve deu ares da sua graça.

José Mendes - A arte de trabalhar a pedra

Estamos no último mês do ano, já cheira a Natal.  As ruas estão iluminadas e muitas casas já estão decoradas com a árvore e o presépio. As montras já vendem o Natal. Decorre o advento, sendo tempo de preparação, alegria e de expectativa, em que os fiéis esperam o nascimento de Jesus.

Algumas das nossas terras já não têm transportes públicos

Estamos  a fechar o mês de Novembro. Esta edição é abençoada por Santo André, e como diz o povo: “ no dia de Santo André pega o porco pelo pé, se ele disser quié-quié, diz-lhe que tempo é; se ele disser que tal, que tal, guarda-o para o Natal.”

O tio Mário Melo é mais um artista do nosso povo

Este mês é das almas, por isso tivemos no nosso programa a tia Maria Falcão de Caçarelhos, Vimioso e a tia Felisbina de Constantim, Miranda do Douro, a cantar a encomendação das almas, embora, na maior parte das aldeias, esta tradição só realize na Quaresma.

No dia de São Martinho abre-se o pipo e prova-se o vinho

O São Martinho é o Santo com mais adágios populares. Aqui ficam alguns:
“Se queres pasmar o teu vizinho, lavra, sacha e esterca pelo São Martinho.”
“No dia de São Martinho, vai à adega e prova o teu vinho.”
“No dia de São Martinho, fura o teu pipinho.”

Que saudades já tinha do magustão a nossa familiazinha!

Estamos nas férias dos picos, isso é o que muita gente lhe chama, porque tiram férias para ir à procura das castanhas nos ouriços, como é o caso do tio Luís Correia, que guarda as suas férias para vir apanhar a sua castanha na aldeia de Mós, Bragança.

Bom dia Tio João - 32 anos na arte de envelhecermos juntos

Salvé o dia 29 de Outubro de 1989! Fez sexta feira 32 anos que abri o microfone, o coração e me transformei de Nicolau Sernadela em Tio João. Nesse dia nunca imaginei no que isto ia dar! Foi então que senti uma enorme e inexplicável satisfação.

Fazer aguardente ainda é tradição nas nossas terras

É já no próximo domingo de madrugada que entramos no horário de Inverno, pois toca atrasar os relógios uma hora, o que faz com que lá para as cinco da tarde já seja noite.