Tio João

Raid agrícola por terras da Lombada

A ninguém passa pela ca­beça o fenómeno do amor e amizade da família do tio João. No início deste mês o nosso Chico Cubo, artista do povo no acordeão e órgão, comemorou as suas bodas de ouro de vida: 50 anos.

Sete senhoras e sete irmãs

Entrámos no mês de Setembro e já estamos a caminho do dia maior para as grandes romarias deste mês. Dia 8 celebra-se o nascimento de Nossa Senhora, ou a Natividade de Maria, uma festa litúrgica das Igrejas Católica e Anglicana.
A Senhora é a mesma, mas festejada com nomes diferentes:
Nossa Senhora da Serra, do Naso, dos Remédios, das Necessidades, são apenas alguns que aqui mencionamos. Por isso achei oportuno “puxar”, no programa, pelas lendas das sete Senhoras e das sete irmãs.
Foram muitos os que responderam ao nosso desafio, mas chegámos à conclusão que as senhoras e as sete irmãs diferem de lugar para lugar.
Vou compartilhar convosco a Lenda das Sete Irmãs, ou em mirandês, Las Sîete Armanas, do saudoso padre Dr. António Mourinho em «Nossa Alma I Nossa Tierra – Las Sîete Armanas». Ele que participou tantas vezes no nosso programa.Também  o tio Casimiro Oliveira  de Vale da Madre – Mogadouro, que Deus já chamou há muitos anos. Em 1991 falou-nos das sete Senhoras muito veneradas no nosso distrito.
Aqui ficam as duas versões fantásticas.

 

Em tempo de máquinas ainda há animais que trabalham

Tenho reparado, no nosso programa de rádio, que há pessoas novamente a recorrer à tracção animal para fazer os pequenos trabalhos agrícolas na sua horta, aquilo a que nós chamamos “escritório”.

Moinho parado não ganha maquia

Olá, estamos a começar a viver os derradeiros dias de Agosto. Muitos daqueles que encheram as nossas terrras estão quase de partida.No sábado passado tive o prazer de almoçar com os nossos famosos “farruquinhos”, em Coelhoso, na casa da tia Irene, que me apresentou parte da sua familia.

Menos garfo, mais sapato

A caminhada é o exercício mais completo e natural para o ser humano.

Tocava a banda no coreto...

Nesta edição vamos relembrar os coretos da nossa região, onde ainda há muitos em perfeito estado de conservação e que são utilizados com frequência. Inclusivamente, há localidades que têm dois coretos, como é o caso de Rio Torto (Valpaços) e Felgar (Torre de Moncorvo).

Férias da Família do Tio João

Olá família, depois das férias já estamos no novo ano lectivo da universidade da vida da Família do Tio João.

Primo Rui em directo da Feira do Pão e Produtos da Terra de Samil

O programa “Bom dia Tio João” saiu esta semana do estúdio e foi, durante quatro horas, para a principal praça da aldeia de Samil.

Sapateiros de quadrúpedes

Óscar Alberto Martins, ferrador “desde que nasceu”, como faz questão de frisar, ainda exerce no Felgar, em Torre de Moncorvo, dando continuidade ao ofício que o seu pai já tinha e passou aos filhos, no tempo em que esta profissão dava trabalho a muita gente.

Os milagres da fonte de S. João

Juntando a tendência para o “maravilhoso” e o “imaginário” do nosso povo, nasce a lenda que com a força da fé se transforma em realidade na mente popular.