Tio João

Os milagres da fonte de S. João

Juntando a tendência para o “maravilhoso” e o “imaginário” do nosso povo, nasce a lenda que com a força da fé se transforma em realidade na mente popular.

Temos em Bragança um violeiro

(Violeiro: pessoa que constrói violas e instrumentos similares)

Piquenicão da Família do Tio João. E vais mais um!!!

A fábrica de fazer amigos, este ano montada em Alfândega da Fé, no passado Domingo, para realizar o 27 Piquenicão, dos quais 17 foram feitos no distrito de Bragança:

“Manca estou, mas ao baile vou!”

São duas da tarde e já se sente o alvoroço na Aldeia Caravela. Todos ajudam na sementeira das batatas que se termina à pressa, e ala que se faz tarde: vamos à ginástica!

Pelourinhos: Monumentos históricos - Os antigos 38 concelhos do distrito

Um pelourinho estava diretamente associado à existência de um Foral.

As ovelhas vão ao barbeiro

Uma ovelha que não seja tosquiada e se mantenha com a lã para o verão, vai sobreaquecer e perder a capacidade de regular a temperatura corporal.

Senhora dos Milagres em Bragança tem cada vez mais devotos

Mais uma semana para a história da nossa vida.
Acompanhámos, através da rádio, o grupo de peregrinos de Vila Flor, também com elementos de Bragança e Vinhais, que mais um ano peregrinou até Fátima, ficando desde já a promessa de que, para o ano, tudo faremos para os acompanhar e transmitir o programa em directo todos os dias da caminhada.
Hoje deixo-vos a história de Maria Cândida Vara, a impulsionadora da capelinha da Senhora dos Milagres, em Vale D’Álvaro, junto ao polidesportivo, que tem cada vez mais devotos.
 

É aqui que vai ser o Piquenicão 2016

No próximo dia 12 de Junho, em Alfândega da Fé, por ocasião da Festa da Cereja, vai realizar-se o XXVII PIQUENICÃO DA FAMÍLIA DO TIO JOÃO.
Contamos com a presença de todos.

Cinco gerações de mulheres

Dia das mães! Quatro mães e quatro filhas
Dia 1 de Maio foi o dia da mãe, mas para a pequena Lara Costa, de Vinhais, o dia 1 de Maio foi o Dia das Mães! Pois a Lara, com 6 aninhos de idade, é trineta da tia Preciosa das Graças. Nem toda a gente pode dizer:

A vida do campo em miniatura

Francisco do Vale Martins, tem 72 anos de idade, nasceu em Carção, mas foi criado em Vila Nova. Foi soldado, cabo e sargento da guarda fiscal e após a reforma foi, durante 7 anos, taxista na cidade de Bragança.