Editorial

PUB.

A manchete desta semana faz-se de um assunto que é muito preocupante e põe em causa os sectores fundamentais do nosso território: a agricultura e pecuária.
Em poucos meses o preço dos adubos e rações triplicou e alguns agricultores não vão mesmo semear cereais. 

Esta semana foram divulgados os resultados dos Censos Sénior 2021, a GNR identificou 3343 pessoas nesta situação no distrito Bragança, mais 58 do que em 2020. Esta operação prevê identificar os idosos que estão sozinhos ou isolados.

Meus senhores, a próxima vez que formos votar nas eleições autárquicas temos de ter muita atenção aos últimos da lista, pois podem ser eles a representar a oposição ao poder local. 

Nesta edição damos voz a um casal de Vale Pradinhos, no concelho de Macedo de Cavaleiros, que quis partilhar a sua indignação pelo facto do actual médico de família se recusar a atendê-lo. 

As eleições autárquicas já aconteceram há 38 dias e ainda há freguesias por instalar, nomeadamente em Mirandela. 

O que é afinal o famoso 5G?
 A Comunidade Intermunicipal das Terras de Trás-os-Montes tem vindo a reclamar que o projecto-piloto de instalação do 5G comece pela região. Os Autarcas reivindicam o mesmo, mas, talvez, devêssemos perceber o que é que nós queremos concretamente.

O mês de Outubro é dedicado internacionalmente à sensibilização para o cancro da mama. Chamado “Outubro Rosa”. Em Portugal, a doença afecta cerca de 7 mil mulheres por ano e causa a morte a 25 por cento das vítimas.

Ainda nem chegou a segunda fase de acesso ao ensino superior e já estão esgotados os alojamentos para os estudantes do Instituto Politécnico em Bragança e Mirandela.

Por cada português que morreu de Covid-19, dez foram vítimas de doenças cardiovasculares. Estas doenças são a pandemia que mais mata em Portugal, dizem os especialistas. 

Noite longa a de domingo. Quanto mais tecnologia há, mais tempo se demora a saber os resultados eleitorais. É estranho, mas é verdade.
Deu-se a reviravolta e o distrito volta a ter mais câmaras de direita. Sete câmaras do PSD e cinco do PS. 

Chegámos ao tudo por tudo da campanha eleitoral. Estamos naquele momento em que só falta ouvir “vamos curvar as rectas e desfazer as curvas”. 

Na saga das Autárquicas 2021, no editorial da semana passada escrevi: “agora será que vamos ter direito à visita de Rui Rio? Para sabermos se há compromissos sérios assumidos pelo maior partido da oposição ao actual poder. Aguardaremos então para saber se fomos incluídos nessa agenda”.