Entrevistas

O clube de basquetebol surgiu em 2009 na cidade de Bragança. À semelhança de outras colectividades atravessou altos e baixos e soube dar a volta a uma fase crítica provocada pela pandemia que paralisou o desporto.

Adélia Melgo é a nova presidente do Ginásio Clube de Bragança, sucedendo a Carlos Fernandes que passa a vice-presidente. Enfermeira de profissão, a nova líder abraça o desafio para continuar a ajudar a crescer o clube.

Tiago Mendes, Mantorras no futebol, lidera a lista de melhores marcadores da Divisão de Honra Pavimir com 12 golos em 11 jornadas. O avançado do Argozelo atravessa uma boa fase e quer continuar a contribuir com golos para as vitórias da equipa.

O S.C. Mirandela é o campeão de Inverno. Os alvinegros terminam a primeira volta da Divisão de Honra Pavimir com um registo invejável, 11 vitórias em outras tantas jornadas, o melhor ataque e a melhor defesa. André Irulegui é o líder de um grupo que só sabe vencer.

Carlos Santos lidera a Escola de Futsal Arnaldo Pereira (EFAP) há oito anos, já foi dirigente do G.D. Moncorvo e A.F. Bragança, onde foi responsável pela secção de futsal, arbitragem e selecções distritais.

No Clube Atlético de Macedo de Cavaleiros o tempo é de reflexão depois de confirmada a descida ao distrital. Mas, o presidente não quer ficar a lamentar a não concretização do objectivo. João Saraiva já tem os olhos postos no futuro que passa pelo regresso ao Campeonato de Portugal.

 

É uma referência no futsal feminino no distrito de Bragança e a jogadora mais experiente. Bina Rodrigues é guarda-redes, tem 41 anos, e está longe de pendurar as luvas.

Uma semana depois de terminada a 82ª Volta a Portugal em bicicleta, Ricardo Vilela, ciclista brigantino da W52-F.C. Porto, fez o balanço da competição.

António Ramos, presidente da Associação de Futebol de Bragança, não avança qualquer data para a retoma do distrital de futebol sénior e início do campeonato de futsal.

A duas jornadas do final do Campeonato de Portugal, jogadores e equipa técnica do GDB mantêm-se agarrados à esperança na manutenção, apesar de terem consciência que a tarefa é complicadíssima, pois a equipa não depende apenas de si própria.