Opinião

PUB.
30/11/2021

Bons dias!

30/11/2021

Parece que o destino nos lidera até ao fim dos nossos dias. Há quem não acredite neste fatalismo provinciano e opte por dar à vontade alheia e à sorte essa liderança da vida de cada um. Será assim ou não, mas a verdade é que tudo o que acontece tem uma causa e às vezes também tem explicação.

30/11/2021

Todos os cidadãos ganhavam (ganham) em ler as inolvidáveis crónicas de Fernão Lopes.

23/11/2021

Dizia-se, noutros tempos, que as Forças Armada eram o espelho da Nação. Havia muito de verdade nessa conhecida asserção porquanto todos os jovens com idade para tanto, independentemente da sua naturalidade ou condição social, eram ajuramentados para servir militarmente Portugal.

23/11/2021

Ao mesmo tempo que sabia que os anunciados investimentos na ferrovia não só estavam atrasados como muitos deles já não teriam lugar no Portugal 2020 e têm a sua execução no Portugal 2030 dependente de nova avaliação porque o chumbo do Orçamento impediu o saneamento financeiro da CP, igualmente er

23/11/2021

Já vos aconteceu estarem a caminhar, a conduzir, a limpar a casa ou noutro cenário em que estejam a ouvir música acima dos decibéis permitidos por lei e pelo bom senso, a pensar na vossa vida, e, de repente, tudo à vossa volta se tornar no próprio videoclip do que estão a ouvir?

23/11/2021

Chopin é polaco. Nasceu em 1810. De seu nome de baptismo Fryderyk Franciszek Chopin. Não se sabe ao certo a data do seu nascimento. Terá nascido em 22 de Fevereiro, mas, como muitas vezes acontece, só foi registado mais tarde em 1 de Março.

16/11/2021

São desconcertantes algumas das notícias que nos são veiculadas e que põem em causa o nome de Portugal e dos portugueses, pela simples razão, de nos vermos envolvidos em esquemas extraordinários e até inimagináveis.

16/11/2021

Porque o enquadro no palco dos políticos firmes, resolutos, profissionalmente competentes e acima de tudo capazes de governarem de forma a não deixarem rabos-de-palha.

09/11/2021

Li ou ouvi, já não me lembro onde nem a quem que todos os resíduos levados pelos rios, para o mar, diminuem a massa continental.