Opinião

05/04/2022

Nos dias que correm, é mais comum do que seria desejável que a entidade empregadora despeça um funcionário por qualquer motivo, independentemente de ser ou não por justa causa.

05/04/2022

Finalmente foi empossado o novo governo. Agora parece que temos quem nos governe com a legitimidade de qualquer outro governo legitimamente eleito. Deste modo parece que ficou para trás o fantasma dos duodécimos que ainda nos orientaram nestes primeiros meses do ano.

05/04/2022

Nunca vi uma tentação que fosse boa. Pelo menos, em teoria. Se é uma “tentação” é melhor fugir. Tem tudo para dar errado e é uma viagem grátis para o Inferno. Só de ida, logicamente.

05/04/2022

Boas tardes, forte gente. Espero que esta morrinhosa Primavera vos encontre de boa saúde. Incerteza é a melhor palavra para definir os tempos desta e das mais recentes Primaveras. O futuro próximo tem sido particularmente incerto por estes anos.

05/04/2022

Os leitores façam o favor de desculpar a utilização deste vocábulo espanhol, porém, tendo em conta o caso longe do picaresco, sim muito rico em pormenores eivados de malícia (não me refiro ao filme com a falecida curvilínea Laura Antonelli), refiro-me isso sim, ao braseado conf

29/03/2022

Lembro-me bem de ter ouvido o santo Papa João Paulo II afirmar, perentoriamente, que o diabo existe. Acredito que sim e que, no presente, se chama Vladimir Putin, face ao inferno que instalou na martirizada Ucrânia.

29/03/2022

Quarta-feira, dia 30 de março tomará posse o vigésimo terceiro governo constitucional.

22/03/2022

Ora, “bons dias vos dê Deus!”, ao que vocês me respondem: “Deus vos dê bons dias!”. Era assim que se cumprimentava em bom trasmontano nordestino nos jovens tempos da vovó viral. Hoje vou falar de um ano marcante na história portuguesa, assinalado com datas especiais.

22/03/2022

Já lá vão uns bons aninhos, ficou-me na memória uma resposta dada pela saudosa e brilhante atriz Beatriz Costa, num programa da RTP, quando questionada sobre se gostava de homens com pêlos no peito: “Sim, gosto de homens peludos; não goste é de cabelos na sopa”.

22/03/2022

De memória revejo a Velha casa (o ora esquecido escritor José Régio escreveu o livro a Velha Casa e acréscimos) herança materna, bicentenária, a qual não visito desde os primórdios da pandemia, cuidada prestimosamente pela Cândida minha parente em duplo (eu e o marido somos primos em segundo grau