PUB.

Opinião

PUB.
18/02/2020

As potências mundiais possuem hoje uma capacidade de intervenção, nos mais diversos domínios, espantosa e de uma eficácia inimaginável há algumas décadas atrás.

18/02/2020

Colonização e colonialismo não são bem a mesma coisa.

A colonização portuguesa primou pelo humanismo, miscigenação e concórdia, deixando indeléveis marcas monumentais, linguísticas e civilizacionais por esse mundo fora, que muito sobrelevam os malefícios do colonialismo da mesma lavra.

11/02/2020

A economia portuguesa está firmemente apoiada no setor terciário ou, como é conhecido, o setor dos serviços.

11/02/2020

Uma das coisas mais caricatas que

já me aconteceu

11/02/2020

Na política como em outras coisas, é habitual prometer seja o que for, ou por bom senso ou por simpatia ou mesmo por interesse. Estamos todos acostumados a que nos prometam muita coisa para posteriormente recebermos coisa nenhuma.

11/02/2020

O cançonetista Rui Mascarenhas cantarolava «fui a Miranda ver os pauliteiros», eu fui a Lagarelhos ver aquilo que já posso ver desde as moças seios empinados e pernas torneadas debaixo de meias de lã grossa fiada nas longas noites semeadas de virulentas geadas, nevadas espessas onde saltitavam co

04/02/2020

O acontecimento político mais relevante do ano transacto, para

04/02/2020

Boas tardes, minha gente. Não poderia deixar de escrever sobre o tema do momento estando eu a vivê-lo ao vivo.

04/02/2020

A guerra, a fome e a doença foram, desde os primórdios da história humana, as maiores ameaças à sobrevivência dos indivíduos e dos grupos onde se integravam.

04/02/2020

A inevitável independência de Angola veio cedo demais.

Deveria ter acontecido alguns anos depois, somente, embora não muitos mais. Precipitada pelo golpe de estado militar de 25 de Abril de 1974, processou-se da pior forma.