PUB.

Crónicas de ...

Estou sempre de regresso ao Nordeste onde é possível escrever como quem come pão centeio, bebe do vinho da pipa e embebeda-se com a água do ribeiro a regurgitar de peixes avaros dos mistérios dos poços fundos.
Então tudo é fácil, o grande livro do Nordeste está aberto e só é preciso...

Publicada em: 07/26/2016 - 09:38
Fernando Calado

«A justiça é a grandeza das nações», lemos em Provérbios, 14: 34. À frente (25: 26), lemos: «Fonte turvada e um manancial contaminado, / assim é o justo que vacila diante do ímpio.» Parafraseando dito marxista, escrevi, já, que a justiça é o pio do povo. Pio, no sentido de se fazer ouvir,...

Publicada em: 07/26/2016 - 09:38
Ernesto Rodrigues

A via-férrea, na chegada à estação de Bragança, envolveu a cidade por poente/nascente, separando-a da área com melhor aptidão de expansão urbana, a área em direção ao Forte de S. João de Deus. Com o tempo, a linha férrea passou a ser um obstáculo às necessidades de crescimento da cidade. No ano...

Publicada em: 07/19/2016 - 14:09
Jorge Nunes

O Verão ganhou o apodo de estação maluca porque segundo críticos de olhar acerado, língua afiada, escrita tersa e acutilante, as pessoas ganham comportamentos esquisitos atribuídos às elevadas temperaturas alcançadas nos meses que lhe dão corpo.
Não vou maçar os leitores trazendo em meu...

Publicada em: 07/19/2016 - 09:39
Armando Fernandes

Espalhados pelos quatro cantos do globo, os portugueses marcam a sua presença e integram-se onde quer que estejam e sabem adaptar-se perfeitamente de tal modo que são respeitados por toda a parte. Levámos connosco desde tempos imemoriais esse hábito de conhecer tudo e ensinar o que sabíamos aos...

Publicada em: 07/12/2016 - 10:04
Luís Ferreira

Há muitos anos que convivíamos diariamente com a personalidade política do Professor Aníbal Cavaco Silva. Uma figura austera, rígida que motivava receios e eliminava proximidades. Sendo o político que mais anos esteve no poder, enquanto primeiro-ministro e, depois, como presidente da república,...

Publicada em: 07/12/2016 - 10:03
Júlia Rodrigues

Houve um tempo que comprava livros por necessidade de dar resposta a interesses no âmbito do conhecimento, ou das atividades de lazer. Quando percorro a minha biblioteca acompanho, paulatinamente, a minha vida, como num filme antigo e regresso a cada lugar, a cada atividade como se fosse outro,...

Publicada em: 07/12/2016 - 10:02
Fernando Calado

Com o início dos trabalhos de construção da Estação Ferroviária de Bragança a 20 de julho de 1903, no campo de Santo António, local fora da cidade, onde se acedia por caminho de terra batida, logo nesse dia a Câmara Municipal reivindicou que o governo mandasse construir uma avenida paralela à...

Publicada em: 07/05/2016 - 10:10
Jorge Nunes

Tal como as moedas o Verão também tem duas faces; a movimentada, eclatamte e afectiva, a negativa, obscena, violenta. As pessoas movimentam-se, até freneticamente, os sentidos recuperam efusões, minoram saudades, desenvolvem pulsões do florir do desejo nuns casos, de a recordação florida dos...

Publicada em: 07/05/2016 - 09:58
Armando Fernandes

Meus caríssimos amigos. Bons olhos vos vejam. Essa vida como vai? Às portas do Verão não tem porque ir mal. Haja saúde que o resto vem por acréscimo. Pois é. Passaram há poucas semanas 50 anos após a Revolução Cultural. Ao contrário do que se possa pensar, apesar de ainda haver um punhado de...

Publicada em: 06/28/2016 - 10:00
Manuel João Pires