Opinião

29/03/2016

Este jornal noticiou o temor das pessoas ante o crescendo de assaltos na cidade de Bragança. Cumpriu o seu dever.

22/03/2016

O Congresso Federativo é um momento de encontro e reencontro distrital que serve para a reflexão conjunta de questões locais, distritais e nacionais.  A estratégia de união em torno da Moção Global apresentada ao Congresso pelo Presidente da Federação, Arquiteto Carlos Guerra – Com o PS ganhar o

22/03/2016

Como bom transmontano, de vez em quando, demando a Lisboa em passeio e a visitar familiares.
Em Lisboa vive-se muito bem, em habitações novas, ou recuperadas em velhos edifícios ainda com memórias pombalinas.

22/03/2016

Fala-se muito de desemprego, do código do trabalho - grande preocupação é certo - mas pouco do trabalho propriamente dito, trabalho que conhece nos dias de hoje transformações bastante significativas.

15/03/2016

Na primeira intervenção que faço principalmente para as pessoas do nordeste, vou falar daquilo que são as duas velocidades do ténis de mesa português ou, se quisermos, o ténis de mesa português a duas velocidades.

15/03/2016

Quanto vale um afeto? Muito sem sombra de dúvida. Um afeto é sinónimo de bom entendimento, de bem-querer, de pacificação.

15/03/2016

“Não interessa quão cruéis, indecentes e maus podeis ser, de cada vez que respirais, fazeis feliz uma flor” esta frase é do humorista canadiano Mort Sahl citado por Richard Charles Lewontin no seu livro “Biologia como ideologia”.

15/03/2016

A República Portuguesa tem um novo Presidente que tudo indica será um Presidente diferente no estilo e sobretudo mais sóbrio nos gastos, nas pompas e nas circunstâncias porque menos gastador e mais afeiçoado ao país pequeno e endividado a que preside.

15/03/2016

Será que voltaram os comissários políticos? Da leitura de notícias publicadas neste jornal retirei a indicação do seu regresso.

08/03/2016

O treino do futsal deve ser preparado, organizado e orientado por forma a permitir a aquisição e o desenvolvimento das competências específicas a trabalhar.
Quais são? Que aptidões ou competências tem cada criança, no momento em que chega ao clube/escola?