Almoção com espírito de Natal

Ter, 11/12/2018 - 10:32


Como estão os leitores da página do Tio João?

A quinze dias do Natal, estamos em exercícios de aquecimento para o espírito natalício. Durante estes dias já há Natal, com os presépios e as luzinhas a piscar. Há correria para as compras, as ceias de Natal de empresas, instituições, associações e amigos.

Este tipo de eventos está cada vez mais na moda.

Andamos à procura do Inverno com as suas geadas características, mas só encontramos um nevoeiro que deve sofrer da bexiga, porque o povo diz que é um “nevoeiro mijão”. Quem anda a varejar a azeitona sujeita-se a levar com umas boas pingas na cabeça, mas como diz o nosso tio Jorge Rodrigues, “para mau dia, boa cara”. Também já há quem ande de matança, embora o tempo ainda não seja o ideal, devido à grande humidade.

No passado dia 6, festejou-se o santinho do meu nome, S. Nicolau. Este é o santo das prendas em alguns países e simboliza o Pai Natal. Vim a saber recentemente que é o padroeiro da aldeia de Pinela (Bragança) e da vila de Carrazedo de Montenegro (Valpaços).

No sábado, 8 de Dezembro, foi dia da Imaculada Conceição, padroeira de algumas das nossas localidades e dos Bombeiros Voluntários de Bragança. Muitos são os que sentem saudades de nesse dia também se celebrar o dia da mãe.

No que aos aniversários diz respeito, a nossa tia Arminda Machado, das Quintas da Seara (Bragança), que tem a família mais numerosa da cidade, teve quatro sobrinhos a fazerem anos no passado dia 5: as gémeas Marina e Flora (32), a Manuela (48) e o Filipe (40). Também festejaram anos a tia Mercês (78), de Coelhoso (Bragança); a tia Josefina Monterruivo (79), de Asturianos da Sanabria (Espanha); o tio Machado (76), de Samil (Bragança); Manuel António (42), de Samardã (Vila Real); David Farroquinho (16), de Coelhoso (Bragança); Fernando Silva (36), de Vinhais; Fátima Pinto (50), de Cernadela (Macedo de Cavaleiros); Inês (53), de Rabal (Bragança) e Amador (93), de Milhão (Bragança). Que o ministro dos parabéns lhos volte a cantar para o ano.

Agora vamos ao Almoção de Natal da Família do Tio João.

 

Todos os anos realizamos o almoção, ou seja o nosso almoço de Natal. Este ano foi a 16.ª vez que nos reunimos no tio Albertino de Folgosinho, concelho de Gouveia, distrito da Guarda, no Parque Natural da Serra da Estrela.

Foram sete autocarros, dois de Bragança, um de gentes de Murça, Alijó e Valpaços, organizado pelo nosso tio Manuel da Torrié; também os vinhaenses estiveram presentes com um autocarro de 58 lugares lotado e três carrinhas taxi, chefiados pelo tio Alcino de Vinhais e tia Rosalina de Rebordelo. Temos sempre a presença amiga dos tabuacenses, liderados pelo tio Carlos Pinto e a tia Fernandinha. Embora muitos já não nos ouçam, marcam sempre a sua presença. Na região de Miranda do Douro, Mogadouro e Moncorvo o tio Daniel Tavares, “o rei do bacalhau” é que organiza. Juntou-se também a nós um autocarro com tios e tias de algumas localidades de Bragança e Macedo.

Chegámos a Folgosinho às 10h45m e fomos recebidos, como de costume, com o “mata-bicho”. Às 11:30 da manhã a Santa Missa, que foi oferecida pela alma de todos os que faleceram este ano.

O almoço começou às 13 horas, na quinta do tio Albertino, para cerca de 400 amigos e constou de entradas diversas, não faltando o famoso queijo da serra, os enchidos e tantas outras coisas, seguindo-se o arroz de cabidela de coelho, feijoada de javali, vitela estufada com arroz, leitão assado à moda do Albertino e cabrito da serra. As sobremesas, arroz doce, leite-creme, requeijão com doce de abóbora e fruta fazem as delícias de muitos. O almoção é sempre animado com um grupo musical da região que, ao longo da tarde, faz um grande baile. As pessoas aproveitam para se conhecerem melhor e matar saudades das amizades já feitas. Remata-se a festa com um grande bolo, não faltando o champanhe.

Este foi o ano em que o sol mais ajudou à festa, com uma temperatura de 18º, às 15:00 horas, em Folgosinho.

Na despedida ouvia-se dizer: cá estaremos no próximo ano, a não ser que haja mal ou morte! Que neste Natal o Menino Jesus nasça nos vossos corações!