Olho Clínico

Nesta época do ano, os consumos alimentares alteram-se frequentemente. No entanto, é possível conciliar a alegria dos sabores e do convívio e juntar saúde com prazer à mesa. No Olho Clínico desta semana conheça algumas sugestões natalícias de alimentação saudável.

Acompanhe as refeições com hortícolas e outros produtos vegetais sempre que possível. Desde as tradicionais couves...

O Departamento de Cuidados Paliativos da Unidade Local de Saúde (ULS) do Nordeste foi reforçado com a implementação de uma nova Equipa de Apoio Psicossocial (EAPS), constituída por duas psicólogas, uma assistente social e uma educadora social, no âmbito do Programa HUMANIZA, da Fundação La Caixa.

A missão desta equipa é prestar apoio emocional e social a doentes com necessidades de cuidados paliativos, a que...

I CICLO DE CONFERÊNCIAS DA ULSNE PARA A POPULAÇÃO
Em Portugal, anualmente, milhares de pessoas sofrem intoxicação por monóxido de carbono, das quais cerca de 30 acabam por morrer. Com a aproximação de uma época com muito frio, em que se intensifica a utilização de equipamentos de combustão, a Unidade Local de Saúde do Nordeste, através da Unidade de Saúde Pública, vem alertar para os riscos de intoxicação por monóxido de carbono, decorrentes da utilização desses equipamentos em locais mal ventilados. O monóxido de carbono é um gás tóxico, que não tem cor nem cheiro. A sua inalação pode provocar perda de sentidos e inclusive a morte, se a vítima não for socorrida a tempo. O monóxido de carbono resulta de uma combustão incompleta de combustíveis sólidos (carvão, lenha), líquidos (petróleo, gasolina, gasóleo) ou gasosos (gás natural, butano, propano). Aparelhos de combustão tais como esquentadores, caldeiras, fogões e aquecedores, instalados de forma incorreta, mal regulados ou em deficiente estado de conservação, podem conduzir à formação deste gás tóxico. As braseiras e grelhadores, bem como lareiras e salamandras a lenha levam, também, à acumulação deste gás em locais mal ventilados.

Veneno “silencioso”

O monóxido de carbono mistura-se com facilidade na atmosfera de uma habitação, sem que as...

Nós, os profissionais de saúde escutá-lo-emos.

Todos nós escutamos histórias de vida marcadas pela violência e testemunhamos o sofrimento, sem nome, dessas pessoas...

O que pode fazer?

- Tome antibiótico apenas se for prescrito por um médico
- Tome o antibiótico até terminar toda a
...

Alimentação saudável e atividade física podem prevenir até 70% da Diabetes tipo 2. São uma parte importante para um controlo da Diabetes.
Jornadas de Saúde TMAD Trás-os-Montes e Alto Douro 3ª Edição
Se tem mais de 65 anos, é doente crónico, reside numa instituição ou está grávida, VACINE-SE no seu Centro de Saúde ou na farmácia, de outubro até ao final do inverno. NESTE INVERNO, NÃO SE DEIXE APANHAR PELA GRIPE. VACINE-SE. AS VACINAS SALVAM VIDAS
A vacinação contra a gripe é a principal medida de prevenção da doença e tem como objetivo proteger as pessoas mais vulneráveis. A vacinação inicia-se em outubro e deve ser feita preferencialmente até ao fim do ano.

O que é a gripe?

A gripe é uma doença aguda viral que afeta predominantemente as vias respiratórias.

É...