JS reactiva mais uma concelhia no distrito

Qua, 13/01/2021 - 15:11


Na manhã de dia 10, em Alfândega da Fé, foram eleitos os órgãos concelhios, da Juventude Socialista, reactivando a estrutura partidária que estava parada há 3 anos.

A partir de agora, Inês Herdeiro assume a presidência do secretariado e Ana Rita Canteiro a mesa da assembleia. Depois deste sufrágio, a Federação de Bragança da JS passa a contar com nove concelhias com órgãos eleitos. “Foi um aumento para o triplo no espaço de um ano, de três para nove. Chegar às nove concelhias e reforçar os elementos nos órgãos nacionais eram os nossos principais objectivos, a par das autárquicas”, sublinhou o líder da federação, Tito Resende. Agora só Carrazeda de Ansiães, Freixo de Espada à Cinta e Vimioso não têm concelhia da JS. Entretanto também no passado fim-de-semana, em Comissão Nacional da JS, foram eleitos os últimos órgãos nacionais que se juntam aos anteriormente escolhidos no Congresso Nacional da juventude partidária. Bragança tem oito representantes nestes órgãos, com cinco efectivos e três suplentes, tendo a presença de elementos do distrito duplicado, já que em 2018 eram quatro os representantes, três na comissão nacional e um no secretariado. “É o maior contingente de sempre da Federação de Bragança nos órgãos nacionais da Juventude Socialista, fruto do trabalho levado a cabo pela federação e concelhias e com base na confiança nos militantes, obtida pelo Secretário-Geral da JS”, afirmou Tito Resende, que é um dos membros da Comissão Nacional, tal como Catarina Pinto, de Macedo de Cavaleiros, Emanuel Bernardo, de Miranda do Douro e Diogo Oliveira, de Torre de Moncorvo. No mesmo órgão figuram Marlene Barreira, de Vinhais, e Miguel Delgado, de Mogadouro, como suplentes. No Secretariado Nacional Inês Afonso, de Bragança, é membro efectivo e na Comissão de Fiscalização Económica e Financeira, Gérson Nascimento, de Mirandela, é suplente.

Jornalista: 
Olga Telo Cordeiro