PUB.

Jogo muito fraco

PUB.

Ter, 10/01/2006 - 16:24


O Vinhais conseguiu somar três pontos de ouro para sonhar com a manutenção na 3ª divisão nacional e pouco mais aconteceu do que isso. A partida foi mal jogada, principalmente na primeira parte.

Os jogadores estiveram mal no plano técnico e os espectadores não ficaram nada contentes. Valeu a vitória da esperança dos transmontanos em tornar realidade os objectivos na classificação, dado que, assim, a equipa saiu, para já, da linha de água e pode trabalhar mais tranquila.
Nos segundos 45” o jogo foi um pouco melhor, mas não foi um dia feliz, principalmente para os minhotos, até então a melhor equipa que tinha passado pelo Estádio Municipal de Bragança.
Curiosamente, a equipa também perdeu já no período de compensação, mala pata para o treinador dos minhotos, Jorge Batista, nos jogos em Trás-os-Montes.
O Vinhais acabou por ser mais feliz e o técnico, Zeca, até então adjunto de Óscar Guerra - demitido pela direcção vinheense - mostrou saber lidar com a situação.
Não pode ser posta em causa a vitória do clube do distrito de Bragança, mas fica claro que a turma da casa perdeu qualidade futebolística.
Só as próximas jornadas vão ditar o futuro de Zeca, muito criticado por parte de alguma massa associativa, por ter ficado no grupo e não sair com o ex-treinador, Óscar Guerra, que está em conflito laboral com a direcção de Manuel José.
Não há grandes destaques individuais, mas fica a exibição de José Luís e Roland e o golo de Daniel, que dá ânimo ao grupo de trabalho.

Vinhais – Zé Luís; Gualter, Daniel, Luís e Zé Maria; Jorge, Márcio (Abílio 58”) e Nené;
Ronaldo (Pik 75”), Marco Brandão (Gui 64”) e Roland.
Treinador – Zeca
Brito – Toni; Dâmaso, Tonanha (Gentil 54”), Miguel Mota e Peixe I; Sousa (Pedro 62”), Pedro Adão e Carneiro; Dias (Célio 80”), João Pinto e Terinho
Treinador – Jorge Batista.

1ª Parte – 0-0
Marcador – Daniel 90+2