PUB.

Jerónimo de Sousa aponta Cachão e Azibo como retratos da falta de investimento público na região

ESTA NOTÍCIA É EXCLUSIVA PARA ASSINANTES

 

Se já é Assinante, faça o seu Login

INFORMAÇÃO EXCLUSIVA, SEMPRE ACESSÍVEL

Ter, 09/07/2019 - 17:12


No que diz respeito à agricultura, “uma actividade tão importante para esta região”, os défices traduzem-se, por exemplo, nas mais de 400 mil explorações destruídas, nos mais de 550 mil postos de trabalho que desapareceram: apesar de serem números que traduzem a realidade do país, o secretário-geral do PCP veio a Mirandela defender que falta investimento público em Trás-os-Montes.