3000 migrantes de 30 nacionalidades fazem de Bragança a sua casa