Atletas do Ginásio Clube Mirandelense garantem qualificação para os Jogos Europeus 2023 após Campeonato da Europa de Kickboxing

Dom, 20/11/2022 - 14:19


Catarina Dias, que conquistou medalha de bronze, Adriano Santos e Pedro Sauzedo representaram as cores de Portugal. O europeu terminou este domingo.

Catarina Dias subiu ao pódio no Campeonato da Europa de Kickboxing, que terminou este domingo na Turquia.

A atleta do Ginásio Clube Mirandelense, em representação de Portugal, conquistou medalha de bronze na disciplina de full-contact,  -70 kg. A juntar ao terceiro lugar o apuramento para os Jogos Europeus 2023 em Cracóvia, na Polónia.

Catarina Dias chegou às meias-finais onde defrontou a croata Antonija Zec. Apesar de ter estado em vantagem durante todo o combate, a atleta natural do concelho de Montalegre acabou por sucumbir no último segundo e foi derrotada por 2-1. “Liderei sempre o combate. Ganhei o primeiro round, o segundo e no terceiro perdi mesmo nos últimos segundos. No momento fiquei triste mas ao mesmo tempo feliz com a minha prestação. Sinto que ganhei o combate, fiz o meu melhor. Não levo a prata nem consegui disputar o ouro, mas levo uma enorme aprendizagem para o resto da minha vida, tanto a nível desportivo como pessoal. Nunca devemos desistir nem perder a cabeça”, referiu.

Para a atleta, de 24 anos, a conquista daa medalha de bronze, numa prova tão competitiva, é um  sonho realizado e o culminar de muitas horas de treino e dedicação. Catarina confessa que não se sentia a cem por cento, mas foi para cima do ring e esqueceu-se completamente da virose que a afectou no início da competição. “O sonho é tão grande e é tanta a dedicação ao longo do ano que até me esqueci que estava doente e fui para cima  do ring lutar pelo meu sonho. Nada é impossível”, afirmou a atleta.

A transmontana foi seleccionada pela segunda vez consecutiva para uma prova da WAKO, depois do Campeonato do Mundo em Itália, e garante que o nível competitivo estava ainda mais elevado. “Neste momento é na Europa que estão os melhores atletas do mundo. Fiquei muito satisfeita em ter sido seleccionado para competir no europeu e perceber que estou ao nível das restantes adversárias, pois a maioria faz disto a sua vida. Fazem do kickboxing profissão e eu tenho uma vida paralela ao desporto. É uma medalha que valorizo muito. Toda a equipa portuguesa esteve à altura”.

Catarina Dias concilia o kickboxing com a profissão de engenheira civil e é no Ginásio Clube Mirandelense que tem treinado e mostrado toda a sua qualidade. José Pina e Sónia Pereira, nomes sonantes do panorama nacional, são quem preparam a atleta. “Houve muita dedicação dos meus treinadores, José Pina e Sónia Pereira, e, neste caso, os meus pais, que me apoiam sempre. Temos que gostar muito, temos que ter muita disponibilidade, muita dedicação e muito treino para chegar aos lugares do pódio”.

Catarina Dias já olha para o futuro, apesar do enorme desgaste físico e mental provocado pela competição, que passa pela participação nos Jogos Europeus 2023 em Cracóvia, na Polónia. “Isto foram dias muito intensos e ainda estamos a acalmar. Agora é começar a preparar os jogos europeus”, referiu.

A atleta destaca ainda o trabalho de toda a equipa Portuguesa, que veio da Turquia com cinco medalhas de bronze, uma de prata e uma de ouro. “Numa selecção tão pequena conseguimos tantas medalhas. Fomos guerreiros”.

Também Pedro Sauzedo, que se estreou em competições da Wako, vai competir nos Jogos Europeus.

O Ginásio Clube Mirandelense contou ainda com Adriano Lopes na selecção nacional, que, à semelhança do colega Pedro, competiu pela primeira vez numa prova organizada pela Wako.

Do distrito de Bragança esteve ainda em acção Fabrice Fernandes. O atleta da ADCMC/CCN ficou pelos oitavos de final da prova em light-contact e ligth-kick.

A equipa de Portugal participou com 17 atletas e despediu-se de Antalya com uma medalha de ouro (André Santos), uma de prata (Tiago Santos) e cinco de bronze (Catarina Dias, Hugo Estrela, Ricardo Hilário, Pedro Castro e Victor Nogueira).

Foto de Jornal Record 

Jornalista: 
Susana Madureira