PUB.

Notícias Região

Terão sido roubadas 10 toneladas de castanhas de um armazém, situado a escassos cem metros da aldeia de Carragosa, no concelho de Bragança.
Os apicultores transmontanos têm vindo a ter prejuízos nas colheitas devido à vespa velutina, uma das principais ameaças à produção de mel. Em média, as vespas comem 200 abelhas por dia.
Miranda do Douro investiu cerca de meio milhão de euros no “Ecocentro Micológico Terras de Miranda”, que foi inaugurado no sábado.
O edifício do antigo Governo Civil de Bragança, na opinião do presidente da câmara do concelho brigantino, Hernâni Dias, era um espaço devidamente “adequado” à instalação de parte da secretária de Estado para a Valorização do Interior.
Num bom ano de cogumelos, o XXI Encontro Micológico Transmontano, organizado pela associação Pantorra, reuniu em Mogadouro cerca de 100 participantes. A feira de produtos locais, conferências e a vertente gastronómica foram atractivos desta iniciativa, mas os dois passeios micológicos foram o ponto alto da iniciativa.
Dos 5% de IRS a que o município tem direito, foi estabelecida uma taxa de participação variável no IRS, e por isso, os mirandelenses vão receber 2,5% do seu IRS.
O ICOMOS Portugal receia que o Alto Douro Vinhateiro perca a classificação de Património Mundial atribuída pela UNESCO em 2001, no caso de ser autorizada pelo Governo a prospecção mineira na área classificada, que abrange concelhos dos distritos de Bragança, Vila Real, Viseu e Guarda. O Ministério do Ambiente garante “tudo o que seja Património Mundial”, será “excluído de qualquer atribuição de direitos”.
Sobrinho Teixeira apresentou linhas gerais do programa de Governo.
Programa pretende ajudar aspirantes a geoparques da UNESCO.