Sáez vence sexta etapa da Volta a Portugal em Bragança e Gustavo Veloso mantém-se líder da prova

Qua, 07/08/2019 - 23:40


A cidade de Bragança foi, esta quarta-feira, palco de consagração de Héctor Saéz, após a vitória da sexta etapa da Volta a Portugal em Bicicleta.

O espanhol da Euskadi-Murias concluiu os 189,2 km, entre Torre de Moncorvo e Bragança, em 04:55:14, com sete segundos de vantagem sobre o segundo classificado, o canadiano Benjamin Perry (Israel Cycling Academy).

“A verdade é que foi um dia muito duro, numa estrada muita complicada. Foi uma grande vitória. Não tive a sorte de ganhar a Volta a Espanha mas ganhei aqui, em Bragança, e foi como se estivesse em casa”, afirmou o ciclista espanhol.

Quanto a Gustavo Veloso (W52/F.C.Porto) sofreu uma queda dentro dos últimos três quilómetros, mas manteve a camisola amarela.

“Foi um susto. Devia haver óleo naquela zona da rotunda porque praticamente meio pelotão caiu. Mas o ciclismo também tem destas coisas e o importante é ultrapassá-las. Agora, eu estou bem mas tenho que esperar para ver as mazelas que a queda deixou. Vamos ver a evolução”, disse Gustavo Veloso.

João Rodrigues e Daniel Mestre, ambos companheiros de equipa de Gustavo Veloso, também estiveram envolvidos na queda.

Numa altura em que se aproxima o final da Volta, termina no domingo, no Porto, Joaquim Gomes confessa que já é visível o cansaço dos ciclistas. Ainda assim, o director da prova garante um grande espectáculo nas últimas etapas.

“Entrámos na fase final da volta, já passámos a Serra da Estrela, que recuperou em definitivo a Torre, uma etapa difícil esta até Bragança com uma forte presença da chuva. Os índices de cansaço no pelotão começam a aumentar. De qualquer modo espero que seja um grande final de volta”.

A sétima etapa da Volta a Portugal, com 156,2 quilómetros, vai ligar, esta quinta-feira, Bragança a Montalegre, com final na Serra do Larouco, a 1.500 metros de altitude.

 

 

Jornalista: 
SM