“A missão é muito difícil. Sabemos disso"

Ter, 10/04/2018 - 15:14


A duas jornadas do fim do Campeonato de Portugal o GDB tem a manutenção em risco. O emblema transmontano está obrigado a vencer as partidas que restam o que por si só não chega.

Os brigantinos têm que esperar ainda por um deslize dos adversários directos na tabela. Em caso de derrota no terreno do Vilaverdense, no próximo domingo, os brigantinos descem ao distrital.
No plantel há “alguma ansiedade” segundo Ximena. O capitão de equipa garante que todos têm “noção do momento extremamente delicado” que o clube atravessa em termos desportivos.
O GDB ocupa a 11ª posição com 32 pontos e está a quatro da linha de água, quando ainda há seis pontos em jogo.
“A missão é muito difícil. Sabemos disso. Temos que encarar cada jogo como um final, até porque estas três partidas são com equipas de grande qualidade e muito bem orientadas”, referiu.
Agarrados à matemática e à fé os brigantinos não atiram a toalha ao chão. “Temos que acreditar até ao último segundo”.
Na história do Bragança nos nacionais não há memória de uma época tão difícil. Ximena conta com 25 anos de dedicação ao clube e lamenta esta fase complicada numa temporada em que deverá terminar a carreira.
“É com bastante tristeza que vejo o GDB nesta situação. Trocava as muitas subidas de divisão que tenho nestes 25 anos pelo objectivo desta época que é a manutenção”.
A última participação do Grupo Desportivo de Bragança nos distritais remonta à temporada 1972/1973. Há 45 anos que o GDB milita nos nacionais.

 

 

Jornalista: 
SM