Autarcas do Douro não aceitam uma única brigada de sapadores florestais