PUB.

Crónicas de ...

PUB.

Eles não chegaram a partir. Talvez tivessem gostado de o fazer, mas não lhes deixaram alternativa. Não permitiram que abandonassem o seu lugar de permanência. Obrigatoriamente, ficaram retidos, para o bem e para o mal, mas retidos. Simplesmente retidos.
Na inimaginável sensatez e...

Publicada em: 05/19/2020 - 09:53
Luís Ferreira

Gasto os dias a estancar desejos de escrever sobre terras e pessoas que amo. Atribuo o desejo ao facto de estar à beira de entrar na perversa designação quarta idade, um eufemismo a significar setenta e cinco anos. O dique do estancamento rebenta amiúde, esta crónica sobre cerejas o comprova,...

Publicada em: 05/07/2020 - 10:46
Armando Fernandes

Em pleno Agosto, há alguns anos atrás, fui como muitos de nós, gozar uns dias merecidos de Sol e calor à beira mar, local preferencial para quem passa um ano inteiro a olhar os montes que nos rodeiam. A beleza deliciosa da paisagem, porventura agreste, dilui-se na orla marítima onde o horizonte...

Publicada em: 05/07/2020 - 10:43
Luís Ferreira

Bons dias, saudosos amigos. As notícias começam a soar mais encorajadoras, que assim continuem. Venham de lá todas as boas novas, mas com muitos caldos de galinha, para ver se saímos desta cepa torta. Fase seguinte, tudo passa, algumas coisas permanecem para memórias vindouras, outras não. As...

Publicada em: 04/28/2020 - 10:12
Manuel João Pires

Bons dias, boa gente. Espero que se encontrem de boa saúde. Nesta altura não há muito a dizer nem há muito para noticiar. Bastaria pôr um daqueles placards a mostrar-nos os números que interessam saber para irmos continuando a rogar para que desçam tão depressa quanto possível. No entanto, o...

Publicada em: 04/23/2020 - 10:42
Manuel João Pires

O que impressiona nestes dias ásperos, azedos, onde a escuridão do não saber se impõe à luminosidade da proficiência científica aliada à reflexão dos sages, é a proliferação de adivinhos, astrólogos, bruxos, cartomantes, leitores de buena-dicha e correlativos a lembrar o ambiente vivido pela...

Publicada em: 04/23/2020 - 10:38
Armando Fernandes

O Mundo está assolado por um vírus altamente letal e que está a transformar as pessoas, os países e o planeta, em palcos enormes onde dança a seu bel prazer uma dança mortal, em que os dois dançarinos, pessoa e vírus, acabam por ter um final idêntico. Ambos morrem, qual Romeu e Julieta.

...

Publicada em: 04/23/2020 - 10:33
Luís Ferreira

A humanidade pensava, até há pouco tempo, que os males do planeta se iriam ultrapassar com simples cimeiras sobre o clima, sobre a poluição e sobre os males que atingiam o próprio homem. Enganámo-nos. Todos. Se Maomé não vai à montanha, vai a montanha a Maomé.

É arrepiante pensar no que...

Publicada em: 04/07/2020 - 10:33
Luís Ferreira

Boas tardes, meus caros. Nestas alturas em que só se fala do mesmo e em que pouco mais há a saber se não cumprir o que tem de ser feito, deixo-vos uma letra alternativa para uma música famigerada. Para serem ainda mais atingidos pelo vírus do desespero, não vale a pena dedicar-se tanto tempo...

Publicada em: 04/07/2020 - 10:31
Manuel João Pires

Os jornais não transmitem notícias e opiniões sempre do nosso agrado, também, tal como os mensageiros de outrora nos transmitem cousas desagradáveis, aborrecidas, quantas vezes desastrosas e alheias à nossa vontade.

Na edição de 24 de Março pp. O Nordeste cumpriu o seu deve informativo,...

Publicada em: 04/07/2020 - 10:18
Armando Fernandes