Crónicas de ...

Bons dias minha gente. Ainda neva por aí? Muy belas fotografias se tiraram. Bem, hoje vou falar de futebol. Não há como driblar este tema, por isso vou apresentar-vos um pequeno rodízio do que realmente importa saber, no caso de viverem em alguma gruta ou caverna alienada da realidade e por...

Publicada em: 03/06/2018 - 10:51
Manuel João Pires

Se tivermos em consideração a qualidade e os diversos graus de infelicidade das nossas Mães e Avós dos tempos até aos anos oitenta do século passado (estou a ser generoso) temos de concluir o óbvio: a maioria dessas Heroínas sofreram no corpo e na ânima persistentes trovoadas relampejadas de...

Publicada em: 02/27/2018 - 11:36
Armando Fernandes

Como vai tudo forte gente? Ainda se vê neve por aí ou nem por isso. Acordar e ver tudo nevado, tão bom! Por aqui tudo a andar, felizmente. Também veio uma vaga de frio, mas é só um par de dias. Melhor o friozinho do Inverno que os tufões do Verão. Uma calma aparente e num instante um trovão a...

Publicada em: 02/27/2018 - 11:32
Manuel João Pires

Como sempre acontece em questões de liderança partidária, o líder é escolhido em Congresso e desta feita o PSD escolheu Rui Rio. Depois de uma longa estrada em que inspeccionou todas as bermas, Rio submeteu-se ao escrutínio natural, sem correr muitos riscos. Para Santana, a vitória seria natural...

Publicada em: 02/27/2018 - 11:26
Luís Ferreira
Durante centenas de anos, a Interioridade, designada em função das realidades conjunturais da qualidade de vida, correspondeu, pela estabilidade das estruturas sociais, a uma definição de vida habitual, umas vezes acentuando perspetivas de virtuosa pureza de vida, outras acentuando as carências, mas sempre a rotina de gerações.
(Prof. Adriano Moreira,
I curso de Direito e Interioridade)
 
Publicada em: 02/15/2018 - 15:09
Jorge Nunes

O conceituado biógrafo e crítico literário italiano Pietro Citati afirmou “que não há nenhum autor jovem que lhe interesse”, acrescentando “Umberto Eco não era u, bom escritor”. O famoso polemista acentua a minha opinião acerca da multiplicação não dos eixes, sim no milagre do aparecimento de um...

Publicada em: 02/14/2018 - 10:15
Armando Fernandes

Ao fim da tarde regressamos à casa das nossas memórias, dum tempo onde todos os sonhos eram possíveis materializáveis nas prendas dum Cristo antiquíssimo que todos os anos nascia à beira do nosso Presépio pobre, construído à imagem e semelhança da pobreza da nossa aldeia transmontana.
...

Publicada em: 02/14/2018 - 10:13
Fernando Calado

No mundo tanto das ideias como dos países ou dos comportamentos humanos, há fronteiras que muitas ultrapassam e outros querem ultrapassar ao mesmo tempo que muitos se preocupam em as defender a todo o custo.
Quando o homem andava pelos montes e vales e a Terra era um simples paraíso onde...

Publicada em: 02/14/2018 - 10:11
Luís Ferreira

Portugal, desde sempre foi procurado por muitos e bons motivos e por muita gente bem intencionada. Localizado mesmo à beirinha do Atlântico, mar aberto logo em frente, estrada de ida e volta para todo o tipo de embarcações, não seria de modo algum de descartar a possibilidade de aqui se...

Publicada em: 01/30/2018 - 12:21
Luís Ferreira

Nos idos de 1984, no fervilhar do caldeirão político, reuníamos perto do Palácio de Belém, num restaurante chamado Rimini, nessa casa de comeres avultavam figuras militares do talante de Melo Antunes e Vítor Alves, discutia-se muito, acima de tudo a necessidade de ser formado, construído,...

Publicada em: 01/30/2018 - 12:17
Armando Fernandes