PUB.

Gonçalo Beato estreou-se na Volta a Portugal do Futuro

PUB.

Ter, 13/07/2021 - 11:58


A mais importante prova de estrada no escalão sub-23 terminou no domingo, dia 11. Gonçalo Beato, ciclista natural de Vinhais da União Ciclista da Maia, terminou no 63º lugar.

Gonçalo Beato estreou-se na Volta a Portugal do Futuro. A 28ª edição da prova começou na passada quinta-feira, dia 8, e terminou no domingo, dia 11.

O ciclista da União Ciclista da Maia, natural de Vinhais, terminou no 63º lugar da classificação geral.

Beato confessou que sentiu algumas dificuldades face “ao ritmo elevado da prova e ao calor” que se fez sentir nas cinco etapas. “No ano de estreia no escalão sub-23 e com pouca experiência na estrada as sensações acabaram por ser positivas nesta minha primeira Volta a Portugal do Futuro. Sei que ainda tenho muito para melhorar e para aprender. Reconheço que cometi bastantes erros de colocação e posicionamento no pelotão, mas com a experiência e com os conselhos do director desportivo, José Rodrigues, sei que vou melhorar”, referiu o ciclista.

Gonçalo Beato explicou que o objectivo passava por “ajudar a equipa ao máximo e concluir a prova”.

“Quero agradecer à minha família, amigos, à minha equipa pela oportunidade que me deu e por todo o apoio nesta Volta a Portugal do Futuro”, concluiu.

A 28ª edição da Volta a Portugal do Futuro, a mais importante competição de estrada na categoria sub-23, contou com 15 equipas, 12 portuguesas e três espanholas. O pelotão de 95 corredores percorreu quase 500 quilómetros, divididos por cinco etapas, entre Águeda, local de partida, e Castelo de Vide, final da competição.

André Domingues (Efapel) foi o vencedor da 28ª edição.

Foto de Federação Portuguesa de Ciclismo

Jornalista: 
Susana Madureira