Cachão conquista título distrital de juvenis

Ter, 08/03/2016 - 15:58


O Grupo Desportivo do Cachão conquistou o título distrital de juvenis e garantiu a presença no nacional na próxima temporada na última jornada do campeonato, após a vitória por 4-0 frente ao Grupo Desportivo de Bragança.

A equipa treinada por Rochinha só dependia de si própria para chegar ao título, ou seja só tinha que vencer.
Cadete abriu o activo à passagem do minuto 20, numa altura em que o Bragança jogava com menos dois jogadores. O defesa central Veiga e o extremo Lima foram expulsos, facto que condicionou a formação brigantina. “Para mim os meus jogadores foram mal expulsos. Claro que a jogar com nove a tarefa tornou-se bastante complicada”, referiu Carlitos, técnico do GDB.
Do lado do Cachão, o segundo golo chegou na segunda metade por intermédio de Bernardo. Betinho rubricou o 3-0 e Soeiro fechou a contagem, 4-0, com um tiro fora da área sem hipótese de defesa para Bruno.
“Entramos fortes e depois conseguimos controlar a partida. Merecemos este título pois fomos a melhor equipa do campeonato”, disse Rochinha, técnico do Cachão.
Noutro campo, em Bragança, o Mãe d´Água não foi além de um empate a duas bolas frente ao S.C.Mirandela.
Os tricolores ainda alimentaram a esperança de chegar ao título, mas o empate caseiro e a vitória do Cachão afastaram o Mãe d´Água da conquista do campeonato.
Para Tó Parente a sua equipa foi “a melhor” da competição. O treinador considera que foi a derrota caseira com o Mirandês que ditou o segundo lugar no campeonato. “Desde a derrota com o Mirandês, em casa, percebemos que seria difícil chegar ao título. Hoje (sábado) os meus jogadores, ao intervalo, sabiam do resultado do Cachão e isso mexeu com eles. São miúdos com 14 e 15 anos, estão a crescer e a aprender com os erros”, concluiu.
Micoli inaugurou o marcador aos oito minutos. Ainda antes do intervalo, o Mirandela igualou através de Miguel Santos. Na segunda metade, Carlitos colocou o Mirandela em vantagem e Alexandre fixou o resultado em 2-2.

Jornalista: 
Susana Madureira