Auto de consignação para reabilitar posto da GNR de Vimioso já está assinado

Ter, 01/06/2021 - 12:23


Foi assinado, na sexta-feira, o auto de consignação da empreitada que prevê a reabilitação do edifício do Posto Territorial da GNR de Vimioso

Esta obra, orçada em 750 mil euros, era pensada e ambicionada há vários anos pela autarquia e será, finalmente, uma realidade. O investimento insere-se no âmbito da Lei de Programação de Infraestruturas e Equipamentos das Forças e Serviços de Segurança do Ministério da Administração Interna, sendo que o próprio ministério já em Novembro de 2018 havia garantido verbas para que este acontecesse. Esta garantia foi dada, à época, pela então secretária de Estado Adjunta e da Administração Interna, Isabel Oneto, sendo que na sua passagem por Vimioso já o município tinha tido, há cerca de cinco anos, um projecto a concurso, que nunca chegou a ser adjudicado por não ter garantido o financiamento. “Nós já começámos a trabalhar neste projecto em 2012, projecto esse que teve que ser totalmente alterado. Felizmente, agora foi assinado o auto de consignação e as obras podem começar no imediato”, assinalou o presidente da câmara de Vimioso, que espera que dentro de um ano se possa inaugurar o equipamento reabilitado porque “a GNR bem precisa e merece”. O posto, que tem perto de cinquenta anos, foi sofrendo pequenas obras de requalificação ao longo dos anos, mas agora sofrerá grandes alterações. “Praticamente vai ser tudo reabilitado, desde a cobertura, às caixilharias. O próprio interior há- -de ter outras funcionalidades. A parte exterior também vai sofrer obras, sendo que serão criados novos acessos. Fundamentalmente, queremos dar mais e melhores condições aos militares da GNR e às pessoas que aqui precisarem de vir”, esclareceu o autarca, que assume que, apesar de a obra ter ficado em suspenso ao longo de alguns anos, “é preciso resiliência para que as coisas aconteçam”. As obras de requalificação do posto da GNR foram adjudicadas à firma Madureira Azevedo – Sociedade de Construções, Lda. Na cerimónia de assinatura do auto de consignação estiveram os secretários de Estado Adjunto e da Administração Interna, Antero Luís, e da Valorização do Interior, Isabel Ferreira. Em Vimioso também marcou presença o ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, que não se mostrou disponível para prestar declarações aos jornalistas.

Jornalista: 
Carina Alves