PUB.

Jovem escritora lança segundo romance

PUB.

Sex, 15/04/2016 - 11:50


Débora Macedo Afonso, natural de Bragança mas residente em Carção,tem 22 anos e editou o seu primeiro livro em Junho de 2015, “Fomos Instantes”, com a Chiado Editora. Um romance inspirado nas experiências académicas, nas peripécias da vida, e em toda a paisagem montanhosa que a rodeia, aquilo que é ser estudante em Trás-os-Montes. A estudante do Instituto Politécnico de Bragança (IPB) de Línguas para Relações Internacionais vai dar continuidade ao seu primeiro romance que será lançado no mês de Junho.

 

Jornal Nordeste (JN): Como surge a escrita na sua vida?

Débora Macedo Afonso (DMA): Recordo-me de que quando era pequena, adorava ter livros novos, sentir aquele cheiro único que os livros tem quando acabam de chegar. Aproveitava então, quando vinha um "senhor distribuidor" à escola vender livros, para pedir à minha mãe para comprar só mais um da colecção "Pingu". Ficava fascinada com as imagens que vinham naqueles livros infantis, costumava ficar admira-los enquanto a minha irmã me lia a sua história. Mais tarde, quando a minha irmã publicou a sua primeira obra, "Enquanto o tempo quiser", foi quando me rendi verdadeiramente a literatura e comecei a olhar os livros com outros olhos.

JN: Quais foram as suas inspirações para este livro?

DMA: Fomos Instantes foi publicado em Junho de 2015. É uma história que aborda o amor, a amizade e todas as peripécias que acontecem na juventude… Foi inspirada nas experiências académicas, nas peripécias da vida, e em toda a paisagem montanhosa que me rodeia, que tentei colocar no papel um pouco daquilo que é ser estudante em Trás-os-Montes