PUB.

Não vamos, mas vemo-nos!

PUB.

Ter, 24/03/2020 - 10:28


Olá familiazinha querida!

Nós cá vamos muito recatados, porque como dizem os antigos “todo o cuidado é pouco”. Esperamos que os nossos leitores estejam a respeitar todas as indicações de prevenção contra o Coronavírus, esse invisível inimigo público, que não obedece a leis nem a planos de contenção e que não precisa de passaporte. Estamos a passar por um momento muito difícil e complicado, devido a esta maldita praga.

Temos aconselhado a nossa família, em especial as pessoas de mais idade, a não saírem de casa e a lavarem várias vezes ao dia as mãos. Sem darmos por ela e se as pessoas cumprirem estas regras, podemos estar a ajudar a salvar muitas vidas, visto que a grande maioria dos nossos ouvintes se encontra na faixa etária mais vulnerável ao Coronavírus.

No passado dia 19 quem se quis apresentar à família foi o presidente da União de Freguesias da Sé, Santa Maria e Meixedo, Telmo Afonso, para alertar todos os emigrantes da nossa região que estejam a pensar regressar, para a obrigação de fazerem a quarentena dos 14 dias. Também informou que a junta de freguesia está disponível para ajudar todas as pessoas idosas que não tenham suporte familiar, na entrega das compras, nas receitas de farmácia e nos assuntos com os Correios. É bom constatar que também outras juntas de freguesia estão a promover iniciativas idênticas, como é o caso da União de Freguesias de S. Julião, Vila Meã e Deilão e a Junta de Freguesia de Vale das Fontes, entre outras.

A quem Deus chamou nos últimos dias foi o nosso amigo Fernando Correia, de Zava (Mogadouro), que um dia antes da sua partida me tinha enviado um abraço pela rádio. Paz à sua alma e os sentimentos à nossa tia Armindinha.

Na última semana festejaram o seu aniversário connosco Céu Anjos Pires (93), de Corujas (Macedo de Cavaleiros); Ana Maria Morais (66), de Espinhoso (Vinhais); Ana Maria Veiga (56), de Caçarelhos (Vimioso); Filomena Gonçalves (75) e António Gonçalves (73), de Coelhoso (Bragança); Albedina José Cabanas (80), da Fradizela (Mirandela); Maria Bastos (64), de Bragança; Jorge Manuel (47), de Salselas (Macedo de Cavaleiros) e João Medeiros (29), de Nuzedo de Baixo (Vinhais). Para todos muitas felicidades e que para o ano o possamos festejar sem Coronavírus.

 

No passado dia 19, dia de S. José, festejou-se o Dia do Pai. Este ano não pôde haver aquele abraço aos pais como todos os anos, então muitas instituições, recorrendo às redes sociais, promoveram os encontros entre pais e filhos por videochamada, como foi o caso do lar de idosos de Samil, Palácio da Sabedoria, cuja directora técnica é a minha grande amiga Graciete Pinto, que me enviou estas fotografias, acompanhadas do seguinte texto:

“O meu pai é o melhor pai do mundo! Aliás, foi ele quem criou o mundo… O meu Pai do Céu. Hoje, com um sentimento de incerteza, recordámos e falámos sobre os nossos pais. Suplicámos em conjunto ao nosso Pai do Céu que nos socorra e proteja, nesta hora tão delicada para a Humanidade. Fazemos do longe perto, através das novas tecnologias, mas sabemos que não há nada que chegue ao calor de um abraço de pai.

Abraçamos com o nosso coração todos os pais do mundo, porque vamos ficar todos bem e vamos continuar a cuidar com amo