VIH – SIDA: Faça o teste e proteja-se

A SIDA - Síndrome da Imunodeficiência Adquirida é uma doença provocada pelo VIH, o Vírus da Imunodeficiência Humana, que ataca o sistema imunitário do organismo, destruindo a sua capacidade de defesa em relação a muitas doenças. Um só comportamento de risco é suficiente para poder ficar infetado. Por isso, proteja-se.

O VIH pode transmitir-se através de:
• Relações sexuais desprotegidas (sem uso de preservativo);
• Seringas, agulhas ou material cortante contaminado com sangue infetado;
• De mãe para filho durante a gravidez, parto ou aleitamento

O VIH não se transmite através de:
• Uso correto e consistente de preservativo (masculino ou feminino) em todas as relações sexuais;
• Aperto de mão, abraço ou beijo;
• Conversas ou contactos sociais;
• Tosse ou espirros;
• Partilha de pratos, talheres ou copos;
• Roupa;
• Uso de casas de banho;
• Picadas de insetos.

Proteja-se: Use preservativo em todas as relações sexuais! Não partilhe objetos cortantes!

A única forma de saber se está infetado com VIH é fazer o teste:
• O teste é anónimo, voluntário, gratuito e confidencial;
• Pode ser feito em qualquer um dos Centros de Aconselhamento e Diagnóstico Precoce do VIH (CAD);
• Se o teste for “reativo” significa que pode estar infetado, sendo encaminhado para uma consulta hospitalar da especialidade;
• O resultado do teste é confidencial, ficando a informação apenas entre si e o seu médico.

Deve fazer o teste se:
• Teve relações sexuais desprotegidas;
• Partilhou material cortante (agulhas, seringas, lâminas, entre outros) com outra pessoa;
• O (a) seu (sua) parceiro (a) teve algum dos comportamentos anteriores ou se tem um (a) novo (a) parceiro (a) (neste caso ambos devem fazer o teste);
• Estiver grávida ou a pensar engravidar;
• Lhe foi diagnosticada, fez ou está a fazer tratamento para a tuberculose, hepatite ou alguma infeção sexualmente transmissível (como a sífilis).
Se mantiver algum destes comportamentos, deve realizar regularmente o teste!

Com o tratamento adequado, pode levar uma vida normal:
• O tratamento está disponível na consulta hospitalar da especialidade e é totalmente gratuito;
• Em Portugal, os serviços de saúde prestam cuidados de saúde adequados e confidenciais a todas as pessoas, independentemente da sua origem, naturalidade ou situação documental ou legal, sem quaisquer consequências legais.
Apesar de não haver cura nem para a infeção por VIH nem para a SIDA, o diagnóstico e o tratamento médico precoces, em conjunto com um estilo de vida saudável, podem atrasar o aparecimento da SIDA e suas complicações, permitindo manter uma vida normal.

O teste e o tratamento são gratuitos, confidenciais e sem consequências legais.

Centro de Aconselhamento e Deteção Precoce do VIH-SIDA de Bragança
Unidade de Saúde Pública, Centro de Saúde da Sé
Av. Eng. Amaro da Costa
5300-146 Bragança
Telefone: 273 302 432