A sua saúde depende da sua atitude!

Cada um de nós é responsável – o primeiro e o maior – pelo seu próprio bem-estar!
Se antes só íamos ao médico quando estávamos doentes e nele depositávamos a inteira responsabilidade de nos curar, hoje em dia sabemos que, afinal, o importante é, desde logo, prevenir a doença, e que devemos “trabalhar” em conjunto com a equipa de saúde que nos acompanha, de forma regular, e com ela dividir a missão de sermos pessoas saudáveis.
É fora do consultório, nas nossas casas e com as nossas famílias, que podemos fazer a diferença por mais e melhor saúde. Como? Optando por hábitos de vida saudáveis, que incluem uma alimentação variada e equilibrada – privilegiando o consumo de frutas e legumes, do peixe em detrimento da carne, e a redução de sal, açúcar e gorduras processadas – a realização de exercício físico, não fumar nem ingerir bebidas alcoólicas, dormir 7 a 8 horas por dia… 
Tudo isto, que contribui de forma decisiva para o nosso bem-estar físico e mental, evitando diversas doenças, depende de nós!
 
Saúde em equipa
 
O papel principal na defesa da saúde é nosso, no entanto, para o desempenharmos com sucesso, não estamos sozinhos. Temos, nos nossos Centros de Saúde, perto de casa, uma equipa de profissionais que nos conhece bem, e que está disponível para nos acompanhar, orientar, esclarecer as nossas dúvidas e dar-nos o apoio de que necessitamos. 
Essa equipa está presente em todas as fases da vida, desde o nascimento, passando pela adolescência, idade adulta e envelhecimento, até ao final da nossa existência. Dela fazem parte médicos, enfermeiros, nutricionistas, psicólogos, dentistas e terapeutas de várias áreas, que procuram dar a melhor resposta a cada pessoa e a cada família. Mas dessa equipa também faz parte o utente. É em conjunto com ele, consigo, que as situações são analisadas, as decisões são tomadas e os resultados são discutidos. 
 
Saber mais para decidir melhor
 
Para fazermos as melhores escolhas, na saúde, como em todos os aspetos da nossa vida, temos que estar bem informados. É fundamental sabermos o que podemos fazer no dia-a-dia pelo nosso bem-estar e pelo da nossa família, sabermos como devemos proceder e onde ou a quem nos podemos dirigir quando não nos sentimos bem e precisamos de cuidados, sabermos quais são os nossos direitos e deveres enquanto utentes dos serviços de saúde…
Saber mais é, sem dúvida, o primeiro passo para agir melhor pela saúde. Contamos, para isso, com o Centro de Saúde mais próximo de nós, e com os seus profissionais, mas temos também outras possibilidades, disponíveis a partir de casa. Uma das mais importantes é o Centro de Contacto do Serviço Nacional de Saúde (SNS), uma linha telefónica gratuita para a qual pode ligar a qualquer hora, e em qualquer dia, para esclarecer as suas dúvidas. Seja porque está doente e não sabe o que fazer ou onde ir procurar ajuda, seja para o informarem, por exemplo, sobre vacinação, toma de medicação, cuidados a ter com o frio ou o calor, sobre a marcação de consultas ou o tempo de espera para uma cirurgia, qualquer que seja a sua dúvida ou emergência, tem do outro lado do telefone profissionais de saúde especializados prontos a resolver a situação e encaminhá-lo para uma unidade de saúde, se necessário.
O Centro de Contacto do SNS está disponível 24 horas por dia, através do número 808 24 24 24, e não tem qualquer custo associado. 
 
Novas tecnologias
 
A Internet é um dos meios mais usados para pesquisar informação, incluindo na área da saúde. No entanto, é preciso que essa informação seja simples, direta e, muito importante, que seja credível. Ou corremos o risco de “desinformação”, sendo, nesse caso, maior o prejuízo do que o benefício que procuramos. Para que isso não aconteça, o Ministério da Saúde criou uma Biblioteca Digital de Saúde, onde pode encontrar muita informação útil, sobre os mais diversos assuntos.
Acessível através do Portal do SNS, no site http://biblioteca.sns.gov.pt/, esta biblioteca disponibiliza folhetos, cartazes, livros digitais, vídeos e até aplicações para telemóveis, divididos por 6 tópicos: “Nascer com Saúde”, “Crescer com segurança”, “Juventude à procura de um futuro saudável”, “Vida adulta produtiva”, “Envelhecimento ativo” e “Fim de vida”. 
Entre os temas abordados estão a alimentação, os abusos sexuais, atividade física e desporto, bullying, informação para cuidadores, dependências, educação, farmácia e medicamentos, gravidez, entre muitos outros.
Esta é uma forma rápida, cómoda e fiável de obter a informação de saúde de que precisa. Por isso, se ainda não o fez, consulte a Biblioteca Digital de Saúde do SNS e vai comprovar que ela vai ser uma preciosa ajuda para si.  
 
ULS Consigo
 
Assinala-se no próximo dia 07 de abril, sábado, o Dia Mundial da Saúde, este ano sob o lema “Saúde para Todos”. 
A Unidade Local de Saúde (ULS) do Nordeste, que tem ao seu dispor 14 centros de saúde e 3 hospitais, abrangendo todo o distrito de Bragança, convida-o, assim, a conhecer melhor os seus serviços e os seus profissionais, em particular no Centro de Saúde da sua área de residência, próximo de si. Aí pode saber em pormenor como está a sua saúde e a dos seus familiares e o que pode fazer para a melhorar, em conjunto com a equipa clínica. 
Aproveite esta data para fazer um plano individual de saúde e inclua nesse projeto hábitos que vão aumentar a sua qualidade de vida no futuro. 
Não se esqueça que a aposta está na prevenção! E que a prevenção está na sua mão! Contamos consigo para cuidar de si! 
 
Rita Paulino Martins
Gabinete de Comunicação e Imagem
Unidade Local de Saúde do Nordeste