Alergias

Proteja-se e evite o contacto com alergénios

AMBIENTE EXTERIOR

Os pólenes são os alergénios mais importantes do ambiente exterior. Para os doentes alérgicos aos pólenes, cuja época de polinização habitual é a Primavera, adote algumas medidas preventivas:

- Manter as janelas fechadas durante o dia em casa, optando por fazer ventilação ao final do dia

- Usar óculos escuros

- Evitar ir para o campo durante os períodos de grande concentração de pólenes, em especial no período da manhã

- Planear viagens de trabalho ou férias, elegendo alturas do ano e locais livres dos pólenes para os quais é alérgico

- Viajar de carro com as janelas fechadas e os motociclistas devem usar capacete integral

- Evitar o fumo do tabaco, ativo e passivo

 

AMBIENTE INTERIOR

Os ácaros do pó doméstico representam a principal causa de alergia na população portuguesa. As medidas aconselhadas para evitar a exposição aos ácaros do pó e a outros contaminantes são:

- Manter um arejamento e ventilação da habitação adequados

- Evitar alcatifas e carpetes

- Utilizar colchões recentes, com menos de um ano

- Colocar coberturas anti-ácaros nos colchões e almofadas

- Utilizar lençóis de algodão e edredão sintético

- Lavar a roupa da cama e as cobertas plásticas com água a temperaturas superiores a 50ºC

- Remover do quarto peluches ou objetos que acumulem pó

- Usar aspirador com filtro de alta eficiência

- Controlar a humidade relativa em valor inferior a 50%

- Para os doentes alérgicos a fungos, as medidas de controlo ambiental são semelhantes

- Para os doentes alérgicos a animais domésticos - gato, cão, coelho, hamster, entre outros - será necessário remover os animais domésticos da habitação.