Penálti “polémico” tira GDB da liderança

Ter, 07/03/2017 - 16:22


Grande penalidade decidiu o jogo. Lance gerou protestos no Grupo Desportivo de Bragança. Brigantinos perderam a liderança da série A.

O Grupo Desportivo de Bragança saiu de Vila Verde com uma derrota, 1-0, e no segundo lugar.
Embalados pela vitória caseira frente ao Montalegre, os brigantinos entraram bem no jogo e estiveram sempre mais perto de marcar. No primeiro quarto de hora valeu uma boa intervenção de Pedro Freitas para evitar o golo dos transmontanos.
O Bragança ia controlado o jogo, com mais posse de bola, enquanto os locais tentavam o futebol mais directo e lançamentos longos para os corredores laterais.
O 0-0 ao intervalo mantinha o jogo em aberto e na segunda metade o GDB não tirou o pé do acelerador. No entanto, o Vilaverdense acabou por se adiantar no marcador, aos 67 minutos, de grande penalidade. Um lance muito contestado pelos brigantinos. “O senhor árbitro acabou por estragar tudo ao assinalar uma grande penalidade que só ele viu. Até os jogadores do Vilaverdense ficaram surpreendidos”, disse Zé Gomes, técnico do GDB, no final da partida.
O treinador recordou que Diogo Pinto foi o mesmo árbitro que dirigiu a partida Ponte da Barca – Bragança na jornada 10 da fase de regular do CPP. Um jogo que os brigantinos perderam por 2-1. “Só para relembrar que este senhor foi o que validou um golo que até hoje não sabemos se a bola entrou no jogo com o Ponte Da Barca. Temos três golos sofridos e todos de grande penalidade nesta fase”, acrescentou.
Latyr não falhou e colocou o Vilaverdense em vantagem. 1-0 foi o resultado que prevaleceu até ao apito final.
O resultado colocou o Vilaverdense na liderança com 19 pontos, mais três que o Bragança que desceu para o segundo lugar.

Jornalista: 
SM / Foto de Luís Ribeiro