PUB.

Patrício Afonso pede que sejam apuradas responsabilidades na situação financeira do GDB

PUB.

Seg, 23/03/2020 - 15:58


Patrício Afonso, sócio do Grupo Desportivo de Bragança e que integrou a lista de Batista Jerónimo às eleições de 2018, enviou uma carta aberta dirigida ao presidente da Mesa de Assembleia-Geral do GDB, do Conselho Fiscal e da direcção.

No documento, também enviado para a comunicação social, Patrício Afonso, lança uma série de questões e mostra-se preocupado com o futuro do emblema brigantino, que atravessa uma crise desportiva e financeira.

O sócio do GDB quer ver esclarecidas várias situações entre elas “como foi possível gastar 220.000 euros”, na época passada no distrital. Números revelados na assembleia realizada no dia 5 de Março e em que os sócios chumbaram o relatório de contas.

“Dos quatro elementos da Mesa da Assembleia Geral (MAG) quem pediu a demissão? Saber se está lavrado em acta a sua aceitação da demissão. Ainda tem quórum?”, são outras das questões levantadas por Patrício Afonso.

O antigo elemento da lista de Batista Jerónimo pergunta mesmo pelos 500 novos sócios angariados pela actual direcção em 2018 e se “têm pago as quotas”.

Patrício Afonso pede ainda responsabilidades à Câmara Municipal de Bragança, sendo “o maior patrocinador (+/- 120 mil euros por ano)”, considerando que “não fez o devido acompanhamento e deixou chegar o clube a esta situação”.

Patrício Afonso considera fundamental “apurar responsabilidades, castigar os gatunos, expulsar do clube esta corja de aproveitadores”. O sócio sugere mesmo a formação de uma comissão administrativa para fazer a alteração dos estatutos, um regulamento eleitoral e uma auditoria às contas.

 

 

 

Jornalista: 
SM