PUB.

Narcis Roca estreou-se na Concentração Internacional de Bragança

Ter, 13/08/2019 - 10:57


Piloto espanhol prendeu as atenções dos brigantinos. 29ª Concentração Internacional de Bragança atraiu cerca de quatro mil pessoas entre motards e visitantes.

Motos para todos os gostos e feitios, espectáculos de stunt riding e animação musical foram alguns dos ingredientes da 29ª Concentração Motard de Bragança.

A festa motard começou na sexta-feira e terminou domingo, mas sábado foi o dia forte da concentração com destaque para o espectáculo de stunt riding do piloto Narcis Roca. O espanhol, que conta com 20 anos de carreira nas acrobacias, estreou-se em Bragança e ficou bem impressionado com a cidade. “Esta visita por Bragança agradou-me. É uma cidade muito bonita, gostei muito do castelo, comi muito bem, fui muito bem recebido”, disse.

Narcis Roca é um dos pilotos mais requisitados para espectáculos de stunt riding na Europa, sendo que no Verão é em Espanha que mais trabalhos realiza. 

O piloto começou no motocross mas desde cedo ganhou o gosto pelas acrobacias. “Até aos 19 anos andava no motocross mas já gostava bastante de acrobacias. Comecei com uma scooter. Treino duas ou três vezes por semana. O meu show dura uma hora e uso quatro ou cinco motos e um quad”, contou.

O stunt riding ganhou adeptos em Portugal “à semelhança do que acontece no Brasil”, acrescentou o piloto.

 

Escola de pilotos pode abrir em Bragança

De Espanha veio ainda a DSVK Naron, uma escola de jovens pilotos com idades compreendidas entre os 4 e os 14 anos. David Silvan, um dos responsáveis, quer implementar o projecto em Bragança. “Estamos a estudar a possibilidade e a procurar apoios para ter um espaço para abrir a escola em Bragança. Estamos a tentar também através do pai do Tiago Rafael, um dos nossos pilotos”.

E o projecto parece ter pernas para andar, até porque a escola conta com o brigantino Tiago Rafael. O jovem piloto também fez algumas demostrações de exercícios técnicos na Concentração Motard e está focado no Campeonato Nacional de Mini-velocidade. “O campeonato está a correr bem e estou em terceiro lugar. Faltam duas provas para terminar”.

E o passeio nocturno de sábado continua a ser o ponto alto da concentração pois “envolve os brigantinos no espírito motard”, como frisou Francisco Vara, presidente do Motocruzeiro, que organizou o evento. Contudo, os espectáculos de stunt riding são cada vez mais a imagem de marca da concentração. “Se não tivéssemos bons shows de stunt riding a concentração não era a mesma coisa. Vem muita gente por causa dos espectáculos, mesmo os brigantinos”, destacou.

A Concentração Internacional de Bragança regressa em 2020 para festejar três décadas do evento.

 

 

Jornalista: 
Susana Madureira