PUB.

Mário Freitas quer voltar à Selecção Nacional

PUB.

Ter, 10/12/2019 - 14:51


Mário Freitas tem-se revelado o esteio da AD Fundão. O jogador, natural de Mogadouro, é o segundo melhor marcador da Liga Placard Futsal. O ala quer voltar a vestir as cores de Portugal.

Mário Freitas é uma das figuras da Liga Placard Futsal e o segundo melhor marcador da competição. O jogador, natural de Mogadouro, leva já 14 golos em 13 jornadas.

Freitas atravessa uma fase extremamente positiva e quer voltar a ser opção para o seleccionador, Jorge Braz. O ala conta com 23 internacionalizações e a última chamada à equipa das quinas aconteceu em Dezembro de 2018 para dois confrontos com a Ucrânia.

Era expectável que Mário Freitas integrasse as escolhas do técnico nacional face às boas exibições, mas tal não tem acontecido. “Seria hipócrita se dissesse que não fico triste. É um dos meus objectivos, estar nas convocatórias, e fruto da época que estou a fazer tenho essa esperança”, afirmou em entrevista à Rádio Brigantia.

Mário Freitas garante que vai continuar a mostrar serviço para voltar a convencer Jorge Braz. “Como é óbvio essa decisão não passa por mim. Limito-me a fazer o meu trabalho e cá estarei disponível para representar a selecção, com o máximo de orgulho e empenho, assim que o seleccionador quiser”.

Para já o jogador está empenhado em ajudar a AD Fundão a subir na tabela classificativa. A equipa das Beiras ocupa o 11º lugar e ficou de fora do lote das oito equipas que vão disputar a Taça da Liga, que era um dos objectivos do clube.

Freitas não esconde que nesta fase da época era espectável que a equipa “estivesse na primeira parte da tabela”, mas “por um motivo ou outro” ainda não o conseguiu. “O campeonato está muito equilibrado. É óbvio que não estamos satisfeitos com esta classificação mas vamos conseguir bons resultados”, acrescentou.

O foco dos beirões também está na Taça de Portugal. Na quarta eliminatória, no dia 21 de Dezembro, defrontam o Cariense, emblema vizinho da 2ª Divisão. “O sorteio foi curioso. É um adversário aqui do distrito de Castelo Branco e tem vários jogadores que passaram pelo Fundão. As expectativas são boas, somos favoritos e temos que passar isso para dentro do campo. O nosso objectivo é passar à próxima eliminatória”, afirmou.

Apesar de estar longe de Mogadouro, Freitas acompanha o Clube Académico, onde fez formação e deu o salto para o escalão maior do futsal nacional. Os mogadourenses ocupam o último lugar da série B da 2ª Divisão e ainda não pontuaram. O jogador acredita na recuperação da equipa. “Fico triste com esta fase menos positiva do Mogadouro. Está difícil conquistar os primeiros pontos, mas época é longa e os jogadores vão dar”, acredita.

Mário Freitas representa a AD Fundão há sete temporadas, as três últimas consecutivas, e conta com passagens pelo Sporting CP e S.L. Benfica.

 

 

Jornalista: 
Susana Madureira