Cruz Vermelha de Bragança faz testes rápidos à Covid-19

Ter, 19/01/2021 - 10:59


A Cruz Vermelha de Bragança tem disponíveis 200 testes rápidos à Covid-19, para pessoas que queiram fazer a despistagem.

Os interessados devem fazer marcação prévia e o teste tem o custo de 20 euros. Segundo presidente da delegação de Bragança, para já há 200 testes antigénio, mas serão disponibilizados mais à medida que as necessidades aumentarem. “Percebemos que esta terceira vaga está para durar e será uma realidade muito preocupante que estamos a acompanhar durante as próximas semanas e, se calhar, nos próximos meses, portanto a sede nacional da Cruz Vermelha através da estrutura nacional de emergência estará disponível para que, à medida que se efectuam esses testes à população, podermos solicitar mais para que não haja nenhuma falha nem ruptura no stock da Cruz Vermelha”, referiu Duarte Soares. O responsável salientou ainda que este investimento é “perfeitamente exequível” tendo em conta a “nova política” da Cruz Vermelha. Há meses, em Setembro do ano passado, quando a Cruz Vermelha nacional começou a disponibilizar testes rápidos, a Direcção Geral de Saúde veio dizer que não era recomendado o uso de testes antigénio para diagnosticar a Covid-19, apontando que estes testes poderiam não ser fiáveis. Ainda assim, Duarte Soares defende que são importantes para que pessoas com sintomas idênticos ao novo coronavírus, como febre, tosse, dificuldade respiratória e diarreia, e que poderão estar relacionados com um gripe, fiquem esclarecidas se estão ou não infectadas. “Neste momento, estes testes são efectivamente sensíveis para saber se há uma infecção activa de SARS-COV-2 e têm uma grande utilidade nas estratégias de isolamento e da prevenção de contágio, sobretudo na população mais jovem que pode estar a servir de veículo de contaminação nas nossas populações”, destacou. Os testes rápidos já estão disponíveis desde sexta-feira. A testagem está a ser feita num posto criado para o efeito, no piso inferior da delegação. A adesão tem sido muita, havendo já mais de 50 testes marcados. Por este motivo o horário para realizar os testes foi alargado, de segunda a sexta-feira, das 10h às 12h. Há ainda uma intenção da delegação de Bragança, em breve, criar uma brigada móvel de testagem.

Jornalista: 
Ângela Pais