Tribunal de Bragança dá razão a António Ramos

ESTA NOTÍCIA É EXCLUSIVA PARA ASSINANTES

 

Se já é Assinante, faça o seu Login

INFORMAÇÃO EXCLUSIVA, SEMPRE ACESSÍVEL

Qui, 03/08/2017 - 12:56


O tribunal de Bragança julgou improcedente a acção principal interposta por Jorge Nogueira, ex-presidente da A.F.Bragança, e pelo Grupo Desportivo de Bragança, por alegadas irregularidades nas eleições de 2013, contra a actual direção da AFB presidida por António Ramos.

O mesmo tribunal condenou ainda Jorge Nogueira e o GDB, por “litigância de má fé”, a pagar, cada um, uma multa de cerca de 1100 euros e uma indemnização a António Ramos, um valor que o tribunal ainda irá fixar.

Jornalista: 
SM /Foto de Guilherme Moutinho