Mogadouro conquista tricampeonato nacional e GCB é vice-campeão em juniores

Ter, 13/06/2017 - 17:11


Não há duas sem três e a prová-lo está o desempenho que o Clube Académico de Mogadouro tem tido na corrida de montanha. Os academistas conquistaram, no sábado, o título nacional pelo terceiro ano consecutivo, após a prova que decorreu em Mondim de Basto.

Para o triunfo colectivo contribuiu o primeiro lugar de José Carvalho, o quarto de Carlos Lopes e o quinto de Rui Muga.
Em termos individuais, Muga não esconde que a sua classificação ficou aquém das expectativas.
“Espera um resultado melhor não vou negar. Penso que é o meu pior resultado em oito anos de corrida de montanha. Foi um dia menos bom”, referiu o atleta do CAM.
O calor e o percurso na subida à Senhora da Graça não facilitaram a tarefa aos participantes.
A nível colectivo, Rui Muga destaca os apoios que têm sido determinantes.
“A nossa experiência e os apoios que temos do clube e do município têm sido muito importantes no nosso sucesso”.
Agora segue-se o Europeu de Corrida de Montanha, na Eslovénia, no próximo mês, mas não há certezas quanto à chamada de Muga à selecção face ao lugar obtido no nacional. Ainda assim, o mogadourense espera que o seu histórico “pese na decisão do seleccionador”.
O Campeonato Nacional de Corrida de Montana realizou-se em Mondim de Basto, no sábado.
Quanto à equipa de juniores do Ginásio Clube de Bragança, formada por João Melgo, Diogo Afonso, João Regino e Vlad Ivachenko, tornou-se vice-campeã.
Já Sandra Cabral, também do GCB, venceu as 100 milhas do Oh Meu Deus Ultra Trail Serra da Estrela.