"A equipa vai ter que mostrar dentro de campo o orgulho de ser transmontano"

Dom, 16/06/2019 - 16:07


Frederico Ricardo está confiante para o novo desafio. O treinador, de 40 anos, regressa às origens para treinar o Grupo Desportivo de Bragança.

Natural da aldeia de Coelhoso, a cerca de 25 km de Bragança, Frederico Ricardo confessa que as questões familiares também pesaram na sua decisão. “Gostei do projecto que me foi apresentado e também optei pelo GDB por motivos familiares. Eu sou de Bragança e a minha família é em Bragança que está”.

O treinador pretende formar uma equipa “competitiva” pois conhece bem o Campeonato de Portugal e as suas dificuldades. “O próximo campeonato será o mais difícil dos próximos anos. Vamos ter equipas da Madeira e as equipas B do Braga e Guimarães”.

Frederico Ricardo assume-se como um treinador exigente e garante que na sua equipa só joga “quem merece e quem trabalha”, dizendo mesmo que não tem qualquer problema em apostar “num miúdo de 17 anos” se mostrar “trabalho e qualidade”.

O técnico pretende um plantel com 23 jogadores, já com os guarda-redes incluídos, pois a ideia é dar oportunidade aos mais novos. “Eu gosto de plantéis curtos pois pretendo trabalhar com os jovens, olhar para os juniores. Sei que o GDB está a fazer isso muito bem”.

Da temporada passada Frederico Ricardo conta ficar com seis ou sete jogadores. No entanto, o treinador quer observar outros cinco ou seis atletas na pré-época.

Quanto ao capitão Ximena, o treinador espera continuar a contar com o guarda-redes. “Já liguei ao Ximena para termos uma conversa. Sou amigo pessoal dele, estudámos juntos e é alguém que todos têm que respeitar por tudo que já deu ao clube. Quero saber o que pretende. Mas, claro que eu quero contar com ele”.

Frederico Ricardo já traçou o perfil da sua equipa. “A equipa vai ter que mostrar dentro de campo o orgulho de ser transmontano, independentemente de os jogadores serem ou não de Trás-os-Montes. Os adeptos têm que se rever na equipa. O plantel do GDB quem que ser trabalhador e difícil de bater”, concluiu.

Frederico Ricardo iniciou a carreira na temporada de 2002/2003 nas escolinhas do F.C. Porto. Seguiu-se o Fafe onde foi preparador físico e adjunto 12 anos. Na temporada 2017/2018 foi adjunto de Agostinho Bento no São Martinho e em 2018 treinou o FK Senica, tornando-se o primeiro treinador português a treinar na Eslováquia.

Agora prepara-se para orientar o G.D. Bragança no campeonato de Portugal. 

 

 

Jornalista: 
Susana Madureira