PUB.

Calendário de jogos da 2ª Divisão já está definido

Ter, 13/08/2019 - 11:15


Na terceira jornada há dérbi distrital, o Macedense recebe os Pioneiros de Bragança. No pontapé de saída do campeonato, a 21 de Setembro, só o Mogadouro é que joga em casa no que diz respeito às equipas da A.F. Bragança.

Está à porta a nova época de futsal e o calendário de jogos do Campeonato Nacional da 2ª Divisão ficou definido esta segunda-feira. O sorteio ditou um dérbi distrital na terceira jornada, a 5 de Outubro, mas para já vamos ao arranque da prova marcado para o dia 21 de Setembro

Na série A, Pioneiros de Bragança e o Grupo Desportivo Macedense iniciam a competição fora de portas.

A turma brigantina desloca-se a Braga para defrontar o Nogueiró e Tenões no regresso às provas nacionais. “Já se sabe que nesta competição não há adversários fáceis. Sabemos que vamos sentir dificuldades na fase inicial da época”, disse Ricardo Pires, técnico dos Pioneiros.

O treinador não tem dúvidas que a passagem do Desportivo das Aves e do Lordelo da série B para a A acrescenta qualidade ao campeonato e traz ainda mais dificuldades. “A série A parece-me que vai ser ainda mais competitiva. Mas, para os jogadores mais jovens acaba por ser positivo pois obriga-os a crescer e a evoluir”.

Quanto ao objectivo da equipa violeta é claro. “Queremos a manutenção e tendo isso em conta vamos trabalhar jogo a jogo”, afirmou. 

Também o Macedense joga fora de portas com o Lordelo. Um velho conhecido do emblema de Macedo de Cavaleiros que defrontou na época passada na Taça de Portugal de Futsal. O GDM vendeu (3-2) mas António Aires lembra que se trata de provas distintas. “Na época passada fomos felizes na taça, mas são jogos diferentes. Vamos ter partidas muito difíceis mas vamo-nos preparar para isso, pensando jogo a jogo e ponto a ponto”, referiu o treinador do GDM.

O dérbi distrital está marcado para a terceira jornada, no dia 5 de Outubro, em Macedo de Cavaleiros.

Ainda na série A, no que diz respeito às equipas transmontanas, o Carrazedo de Montenegro recebe o Contacto Futsal.

Quanto ao Clube Académico de Mogadouro integra a série B e joga em casa com o Rio Ave. O factor casa é “sempre importante” na opinião de Artur Pereira, mas não decisivo. “Temos que jogar com todos seja em casa ou fora”.

O técnico do CAM espera um campeonato ainda mais difícil do que o anterior e garantir a permanência vai ser, mais uma vez, uma tarefa difícil. “A série B continua muito forte. Este ano conta com o Boavista e São Pedro Fins, equipas do Porto que são sempre muito difíceis e competitivas”.

Outra equipa transmontana em competição será os Amigos Abeira Douro que defrontam o JD Gaia no pontapé de saída do campeonato.

 

 

Jornalista: 
Susana Madureira